terça-feira, 10 de novembro de 2009

Tudo enjoa

Pra variar, estava lendo sobre mulheres que perdem o tesão por seus maridos - a gente não ouve muitos caras falarem que perdem o tesão por suas mulheres, acho que eles se calam ou vão procurar outras mais facilmente, ou até não perdem o tesão tanto quanto nós... Mas o maior motivo das tais dores de cabeça é a falta de tesão mesmo!
Lembrei do seriado Aline, que está sendo exibido pela Rede Globo e foi baseado nas tiras de Adão Iturrusgarai. Fui procurar na internet e dei com essa tira da Aline original...
Quem de nós não gostaria de ter dois homens assim, loucamente apaixonados e de comum acordo? Eu particularmente confesso que um de cama e outro de mesa já me satisfariam... Difícil conseguir de um só homem que tenha selvageria suficiente na cama e civilidade fora dela... já namorei muito, e nunca encontrei nenhum assim. Eterna insatisfeita? Talvez.
(Até tive um que era músico, era bem quente na cama e também era "família" quando tinha que ser. Mas se vestia mal pra burro... o dia em que apareceu de tênis branco lá em casa caí do cavalo e o troquei pelo cozinheiro hehehe Na verdade, namoramos um tempo e terminamos, e ele fez uma música para mim falando "no segundo mês, eu dancei" por que eu falava pra ele que meus namoros não duravam mais de 2 meses...)
Tudo na vida enjoa. Até a Aline enjoou! Porque nascemos insatisfeitos. E morreremos assim. Do contrário seríamos uma planta, que apenas precisa de água e sol. Claro que reduzir um relacionamento mais sério a esses termos parece superficial. Mas as pessoas vão adquirindo hábitos e gostos no decorrer da vida e vão mudando - não em sua essência, que continua a mesma.
Quando a pessoa que está ao nosso lado vai mudando dessa forma e não vamos acompanhando por alguma razão, acabamos nos afastando. No início, a gente faz tudo junto. Visitas. Amigos. Baladas. Com o tempo, um dos dois acha alguma coisa de que goste, e descobre que o outro não curte tanto assim para acompanhá-lo.
Até aí, tudo bem. A individualidade deve ser preservada pois, a meu ver, faz parte da auto-estima. Mas, e quando essas coisas de que gostamos separadamente vão aumentando? Na verdade, não seria a tal essência que está mostrando a sua verdadeira face? E que escondemos no início para agradar o outro?
Isso cansa, enjoa!
Chega aquele ponto em que tudo que achávamos engraçadinho no início, agora irrita. Aquela piada que ele sempre conta. A reclamação dela de que ele sempre chega tarde. A falta de sexo. O excesso de TV e internet. A falta de privacidade por causa dos filhos...
Quem disse que tudo tem que ser engraçado a vida inteira? Quem disse que temos obrigação de levantar o que caiu ou colar os cacos do que se quebrou? Por que não criar coragem e #prontofalar tudo o que se passa na nossa cabeça, mesmo que vá doer?
Já fiz isso. Doeu muito. Estou fazendo de novo. Está doendo muito. Mas como crescer sem doer? Como ser bebê sem sair do útero? Como ser borboleta sem deixar de ser lagarta?

6 comentários:

ALFKLEIN disse...

A chama da paixão deve estar sempre acesa, a criatividade, a cumplicidade
são necessidades para que o tesão continue sempre presente. Os amassos do tempo de namoro não podem morrer, senão a coisa fica chata, cabe aos dois manterem acesa a chama do tesão.

Leonmrs - Meu Bedelho disse...

Gostei muito do texto md40 :D E já assinei seu feed x. No caso dessa parada ai de coisas que gostamos separadamente aumentarem vem a questão do sacrifício, fazer coisas que o outro gosta só pra agrada-lô, acompanha-lô, ficar junto. É isso.

Mulher de 40 disse...

É... acho que não nasci para isso mesmo... ou sou muito egoísta ou os programas dele são muito chatos mesmo! Ou o amor realmente acabou...
não sei! A vida é muito curta para sacrifícios desnecessários... e a minha chama só acende por outro! :ó(

Cuscuzpontocom disse...

Tem que namorar, criar se vestir de enfermeira de colegial de p***,nada de rotina ,pega a mochila cai na estrada vai acampar, se tudo der errado voce tentou.
A vida é curta e só aprendemos com nossos erros, só digo que tudo tem que ser feito com responsabilidade e respeito mútuo.
Faz acontecer não deixe essa chama se apagar aos 30 40 ,50 anos; o amor o gostar o querer e uma força muito boa de se curtir e faz um bem danado para o coração e a mente. bye bye chama impotente.
Abraço..

Anônimo disse...

Pô, tu havia descrito que teve um namorado que era bom de cama, familia e se vestia mal kkkkkkkk. Só por causa da roupa dele vc deu um pé na bunda kkkkk. Assim não dá. Ser homeme está cada vez mais difícil é muita expectativa em cima de um ser. Se vcs notarem os papeis estão se invertendo aos poucos, os homens estão cada vez mais fazendo o que a mulher fazia e as mulheres o inverso estão se tornando verdadeiras lideres. POis hj em dia homem, já tem que ajudar a lavar, passar cozinhar, ser bom na cama, de beijo, carinhoso atencioso, se vestir bem, inteligente, dotado kkk, responsavel, ter dinheiro. praticamente o homem perfeito dos quadrinhos. Eu não entendo que as mulheres realmente querem na verdade

Alberto Lozéa disse...

Para simplificar costumo dizer que até mesmo comer a Gisele Büdchen depois de algum tempo enjoa! Infelizmente somos assim.. ótimo texto querida! Bjo do SHD..

Alberto do Sexy Help Desk publicou um post sobre.. Ejaculação feminina, mito ou verdade?

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails