quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Na casa de swing

Tenho muita curiosidade de conhecer uma casa de swing, então quando alguém tem alguma história pra contar sobre isso, fico em volta. Uma leitora ontem atendeu meus insistentes pedidos e me contou a sua história.
Ela conheceu um cara num chat a muitos anos atrás, no meio de um carnaval. Trocaram telefones e ele falou que trabalhava em uma casa noturna, e convidou-a para ir até lá. Ela achou que era uma casa noturna normal... Ele deu o endereço, ela pegou um táxi, chegou lá e era uma casa de swing! O cara tava na porta esperando.
Na recepção, ela falou: "O que eu faço? Ele respondeu "Entra aí!" Ela na dúvida... "Pode entrar mulher sozinha?" Ele falou que sim, que não podia entrar homem sozinho. "Mas você vai ficar trabalhando, nossa, eu morro se vier alguém falar comigo..." "Não, fica tranquila."
Ela sentou em uma mesa. Tinha um palco, parecia uma pista de dança, e começaram a chegar os casais. Os homens todos gordos e as mulheres todas lindas maravilhosas, putinhas, óbvio! Ela concluiu que os caras não levam as mulheres pra casa de swing e sim as outras. "As mulheres se dão super mal em casa de swing, só tem homem feio e mulher bonita!"
Bem, fora os frequentadores da casa, tinha os caras fazendo show, dançando, que eram bem bonitos. Não parecia uma coisa vulgar, era uma boate com show de mulheres e homens, que dançavam entre eles de maneira bem sensual. Essas pessoas que faziam show também se ofereciam para os casais, para fazer o swing. A menina do show ia lá no homem do casal, o cara do show ia lá na mulher...
O lugar tinha 3 ambientes, a boate com o bar, umas cabines de vários tamanhos e o tal do labirinto... Nas cabines, você podia andar em volta e ver tudo o que estava acontecendo, e ali rolava ao vivo. Quem estivesse na cabine podia deixar tudo aberto, ou podia fechar as janelas e portas. Se estivesse aberta poderia entrar qualquer pessoa e participar... Você poderia também entrar em uma cabine, se fechar e mandar brasa!
E tinha um terceiro ambiente que era um labirinto escuro; o cara que a levou, falou que o povo fica passando a mão, você nem sabe quem fica passando a mão, ali era uma pegação total e ele não quis deixá-la entrar ali.
Ela não entrou no tal do labirinto; foi ao bar e ele a convidou pra entrar numa das cabines. Ela falou pra ele fechar a porta, e me contou que pelo que o cara fez com ela, só poderia ser profissional... (aff!!!!!!!!!!!!!!!!!)
Fiquei mais curiosa ainda, vocês não? Ainda quero muito conhecer uma casa de swing, mas não acredito que vá querer fazer sexo com um desconhecido. Acho que tenho tesão por fazer sexo na frente das outras pessoas, porque sempre fui muito exibida! Adoro chamar a atenção e ver o povo me olhando. Uma de minhas fantasias é dançar em um palco como essas meninas da foto acima... mas acho que já passei da idade rsrsrs
Claro que em um lugar como esses, a reação da gente é imprevisível! Tenho uma amiga que adoraria fazer sexo com um estranho, por exemplo. Eu sinceramente não sei... só me solto de verdade com uma pessoa que já tenha uma ligação comigo, com quem eu tenha extrema cumplicidade principalmente de ideias. Tenho alguém assim... só falta a oportunidade! E a coragem rsrsrs...
Beijos!
Se você tem alguma história para contar, mande, eu adoro! Histórias de amor, de paixão, de sexo, ou histórias engraçadas!

25 comentários:

Carlos Orfeu disse...

Ótimas as histórias dos seus leitores que foram a casas de swing, acho que se você tiver 100 relatos desse tipo vai ter 100 experiências diferentes. As expectativas das pessoas que vão, o ambiente, as pessoas que encontram, tudo isso se mistura em histórias únicas. Eu e minha mulher fomos a primeira vez na última sexta depois de mais de 10 anos fantasiando e foi muito interessante, estou contando a experiência lá no http://narratofilia.wordpress.com/

Solange Baumer disse...

Deve ser bem interessante.Embora nunca tenha procurado,não sou lá muito puritana quando se trata de estranhos.Acho que me daria(...)muito bem ali.

Tahh Frechh disse...

Opa! AMEI! estou marcando com meu companheiro de ir numa que tem no Rio de Janeiro... Depois te conto nossa aventura!!! ;)

Eny disse...

Olha, eu já fui em uma casa de swing, e eu não vi essa história de que só tem homem feio não, tem muito homem e muita mulher bonita.
E o labirinto é assim mesmo, todo mundo passa a mão, mas é por cima da roupa, ninguém é obrigado a fazer nada, o homem/mulher só vai seguir em frente se você deixar, você pode ficar só olhando numa boa.
E também nas casas de swing boas não entram profissionais do sexo não, é proibido.
Tem noite que homem pode entrar sozinho, mas é beeem caro a entrada, e tem noite que só podem entrar casais.
Olha, é uma esperiência bem interessante... eu acho que pra primeira vez é melhor ir em casal do que com uma amiga, você curte bem mais... e cuidado, porque a maioria das pessoas que vai sempre quer voltar! rs

Malva Mauvais disse...

Feiúra ou beleza... bem, depende da casa. Tem pra todo o gosto: desde as populares, com cadeira de plástico no bar até as luxuosas. Quanto mais caras, mais gente bonita e bem vestida. O tipo de frequência e a animação do povo também depende do dia da semana. Já fui numa casa cheinha de gente jovem e bonita, mas que estava ali, aparentemente, só pra olhar e passear pelos corredores (acho que escolheram uma balada mais picante, apenas isso). Já fui em casa mais simples, com gente menos bonita, mas que rolava sexo em tudo que é canto. Muito mais divertido.

Angelike disse...

Bem, conheço praticamente todas as casas de swing de SP e em nenhuma delas me deparei com uma situação como a relatada, ela relatou mais um puteiro do que casa de swing. Em casa de swing tem gente feia e bonita, isso depende do gosto de cada um, em geral são casais mesmo, homens com suas esposas. Não vou dizer que não tem GPs, sempre acaba entrando, mas é mais dificil. Ir sozinha a uma casa de swing é para quem já conhece, já tem amigos lá. Eu adoro sexo casual e anonimo, adoro me exibir, então adoro. Quanto a dançar no balcão, não tem essa de idade, tem que fazer o que tem vontade. beijos

nehi oliver disse...

a maioria dos casais têem este tipo de tara ou fantasia erótica,
mas sempre falta a coragem para o feito,
muitos homens levam garotas de programa aos swings
por falta de coragem de expor sua parceira no caso,
puro egoismo da nossa parte.

mguto disse...

Pow, queria ir também! De repente mais pra ver, talvez não tivesse coragem de fazer na frente dos outros por causa do pintinho! kkk


Você tem interesse te ir e a fantasia de fazer sexo na frente dos outros mas rolaria com M também?

Acabei de conhecer o blog.


Quer saber mais, procura sites de casa de swing e veja como são as regras.

abs

Casal Liberal de Sampa disse...

Muito pertinente o comentário de "Angelike".
Para quem perdeu de ler, vou repeti-lo aqui:
"Bem, conheço praticamente todas as casas de swing de SP e em nenhuma delas me deparei com uma situação como a relatada, ela relatou mais um puteiro do que casa de swing. Em casa de swing tem gente feia e bonita, isso depende do gosto de cada um, em geral são casais mesmo, homens com suas esposas. Não vou dizer que não tem GPs, sempre acaba entrando, mas é mais dificil. Ir sozinha a uma casa de swing é para quem já conhece, já tem amigos lá. Eu adoro sexo casual e anonimo, adoro me exibir, então adoro. Quanto a dançar no balcão, não tem essa de idade, tem que fazer o que tem vontade. beijos"

Anônimo disse...

Ola, entao eu tenho 19 anos e ja fui em tres casas de swing, eu nao vou para transar com ninguem, simplesmente nao deixo ninguem me tocar. Mais o que eu gosto é de me exibir, transo loucamente com o meu namorado para todo mundo ver e ficar com vontade. Uma regra básica, casa de swing que rola mais jovens é mais parada, tem pouquissimas trocas de casais. Ja casas que vao mais gente velha, tipo 35 pra cima, ai sim rola muita mais muita cenas e tudo o que vc imagina. Bjos

Anônimo disse...

Muito 10

Vou sempre que posso com minha esposa...somos casados a 15 anos e esse estilo de sexo, nos aproximou mais ainda.

Apimentou nossa relação, e digo mais...e que ela não me veja escrever isso, depois de que começamos a frequentar, eu parei de procurar na rua qualquer outro tipo de aventura.

Bjos a todos

Marcelo

Casal liberal de jundiai. disse...

Certo dia, a madrinha de meu filho ( que ainda nao tinha nascido) veio e casa e ficamos eu, minha esposa e ela conversando no quarto. A conversa esquentou e eu coloquei uns filmes para ver o que acontecia.
Pra minha decepcao, nada aconteceu, so que nossa amiga acabou indo embora e transei somente com minha esposa.
Desse dia pra ca, a pseudo cena nao sai da minha cabeca mas nao tive coragem de propor para minha esposa, achei que ela ficaria uma fera e teria um ataque de cumes.
Esta semana criei coragem e soltei o verbo, contei meu desejo de fazer um menage e quem sabe um swing, e pra minha doce e feliz surpresa, ela adorou a ideia e topou primeiramente fazer um menage.
Sabendo que mulher e um bicho esquisito, durante toda a semanha insisti no assunto e comecei a colocar situacoes em que eu transava com outra mulher na frente dela, e ela so ficou ainda mais excitada e transamos como nunca, so de imaginar.
Para aticar ainda mais, comecei a sugerir alguns nomes para ser nossa primeira companheira. Depois de excluir parentes, clientes, fornecedores e amigos evangelicos, chegamos a conclusao de que o casamento nao fez bem a nosso circulo social e decidimos conhecer, agora em janeiro de 2012, uma casa de swing para conseguir algem para satisfazer nosso desejo de compartilhar..

Kelly disse...

Fui conhecer uma casa de swing em Ribeirão Preto com um amigo que fez papel de meu namorado! E adorei. Minha primeira experiencia teve de tudo comecei na cabine, fui ao labirinto transei com 3 homens bem mais novos que eu pois tenho 33 anos, fui ao bar tomar uma agua e recebi o convite de um cara que estava no bar,subi novamente e transei com ele, um moreno lindo! Estava exausta e meu companheiro aproveitando tbm com muitas mulheres.
Foi lá que tive minha primeira e unica experiencia com uma mulher, só posso dizer que foi maravilhoso e que todos que colocaram a mão em mim foi pq eu deixei! Adorei quero mais!!

Anônimo disse...

È uma experiencia única voce antes de tudo tem que estar de bem com sigo mesma e principalmente com seu parceiro.
Conhecemos varias casas e é como uma balada normal onde rola de tudo onde voce não é obrigado a fazer nada!!`
Quanto a gente bonita ou feia isso é relativo ao ponto de vista de cada um pois voce vai encontrar pessoas de 18 a 60 anos de todas as classes sociais e garanto que alguem vai lhe agradar com certeza.

ale disse...

adorei todos os comentários...e o do Marcelo me animou mais, pq ja passei por muitas situações por parte do meu esposo..estamos há 15 anos juntos, sei q ele gosta de mim, mas gosta muito de sexo...eu o amo, adoror sexo e tenho curiosidade em transar com mais uma mulher e com mais de um homem...quem sabe dessa forma salvo a relação, pois mais uma traição já deixei claro q será separação...FATO!!!aí,passei a falar sobre isso com ele e sua reação foi de extrema animação..assim q for posto para vcs o q rolou....bjcas

Casal liberal de jundiai. disse...

Alê, de boa. Pelo que entendi você pretendi ir só pelo seu marido porque estão com problemas na relação.
Se for esse o caso, primeiro vocês precisam acertar a relação de vocês em casa para depois partir para para esse tipo de aventura.
Relacionamento liberal funciona muito bem para casais que se amam, se respeitam e confiam um no outro. Casais que tem quaisquer desses três laços enfraquecidos tem grande possibilidade de estarem decretando o fim do casamento ao partirem para uma relação liberal.
Eu quero ir a um clube de swing a muito tempo, já conversei diversas vezes com minha mulher mas ela ainda não está preparada, e eu respeito isso. Não quero que ela faça nada contra a vontade pois não será legal pra ela, pode causar constrangimento para ambos e a ressaca moral depois é o mais preocupante.
Se você tem curiosidade ou vontade de ter um relacionamento liberal e seu marido concorda, maravilha, vão de sejam felizes.
Se essa for apenas uma tentativa desesperada de salvar seu casamento, o remédio vai acabar matando o paciente.

Pense nisso,.

Anônimo disse...

ola,amiga fica tranquila pode ir sem medo,nem td que dizem de uma casa de swing é verdade as pessoas respeitam mais vc do que em qualquer outro tipo de boate,vc nao é obrigada a chegar la e ir transando vc pode curtir a noite toda sem medo...

Kleber disse...

Olá meu nome e Kleber, ainda NAO conheço esta casa, quero muito levar minha namorada mais ainda, NAO tive oportunidade e Nem convite, estou perto d ribeirao preto, se alguém poder me indicar estarei grato, knlima2012@live.com

Anônimo disse...

eu adoraria conhecer uma dessas casas tenho minhas fantasias.....mais confesso que tb tenho um pouco de medo....mais tb muita vontade de saber como é.....quem sabe né eu ainda conheca um lugar bem legal desses

Anônimo disse...

Ja fui numa dessas com meu namorado, mas não consigo fazer nada fico pensando no q ele vai pensar de mim, então so fico vendo oa casais morro de vontade. ele tambem não falar nada pra mim se quer ou não, não vejo ele fazer nada so passa amão nas moça mas acho q ele fica escondido sempre mim deixa trancada na cabine e some. mas nem pergunto nada.

kasalmadureira1 disse...

bom eu e minha esposa frequentamos desde maio de 2012. no começo só faziamos com casal mas agora fazemos com solteiros e solteiras! nos amamos muito e nos respeitamos! e por incrivel que parece temos muitos amigos feitos no meio! damos vazão as nossas fantasias ! a nossa luxuria ,mas em casa fazemos amor gostoso! realmente swing não é p salvar relação mas é para apimentar! aqui no Rio te algumas realmente a homens que levam putas mas na casa que eu frequento aqui em madureira a maioria e casal mas tem dia de casal e solteira e dia liberado para solteiro ,porem ninguem faz nada se voce não quer e em tods as casas a segurança no local! o divertido e quando os(as) stripers puxam-nos p palco! vale a pena conhecer com o experiencia mas se quiser fazer parte do meio... seram bem vindos!

Anônimo disse...

Eu sempre tive curiosidade e no inicio do namoro com meu marido acabei falando p ele de minha fantasia de transar com dois homens. E num dia de carnaval estavamos com um casal de amigos, do qual sabia que curtiam essa coisa de troca e etc, e então decidimos ir a uma casa de swing. chegando la meu marido ficou pouco a vontade, mas com o tempo e as danças, mulheres e homens ele foi relaxando! então eu comecei a me exibir, dançar, beija-lo e chupa-lo na frente de todos. A dona da casa, uma mulher muito simpatica, começou a dançar cmg, me acariciar, e fui deixando acontecer, e quando dei por conta de repente, ela agaixou, levantou eu vestido e disse: o que é bonito tem q se mostrar e tirou meu vestido, e la estava eu nua no meio do salão, daí eu não pude me esconder e nem ficar com vergonha, ja estava la, entao aproveitei, subi no palco e dancei no poli dance, agarrava meu marido, enlacei minhas pernas sobre seu pescoço, fazendo-o me chupar, enfim, foi maravilhoso!!! uma experiencia incrivel, e nós curtimos de montão!

Anônimo disse...

Eu fui com um amigo e adorei. Achei que era uma bagunça,mas como gosto de dizer é uma putaria bem organizada. Vale apena conhecer. Agora pretendo ir com meu. Amigo colorido e participar, talvez !

Anônimo disse...

Eu já fui varias vezes com minha esposa. Praticamente todas as casas de São Paulo nós ja fomos. Cada transa era uma experiência nova.

Adriano disse...

Eu moro em Goiânia e conheço praticamente todas a casas por aqui. Eu prefiro levar minha namorada em casa assim, que em boates comuns... nesse tipo de lugar há respeito pelas pessoas e pela vontades e fantasias de cada um. atualmente estou sem namorada e morrendo de vontade de frenquentar, novamente. aali@zipmail.com.br

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails