terça-feira, 6 de outubro de 2009

Aproveitar tudo, sempre!

Vou falar de uma coisa que nunca falei aqui, mas que faz parte da minha vida, embora eu não pense muito nisso. Aliás, faz parte da vida de todos - a morte.
Fui a um velório. Uma porção de pessoas velhas, como sempre. A primeira coisa que passa pela minha cabeça malvada é "Eles devem estar pensando... qual de nós será o próximo?" Afinal, depois de uma certa idade...
Depois me fixei na morta. 88 anos. Lúcida até o fim, felizmente. Um cadáver. Carne em decomposição. Todos vamos acabar assim. E o que deixaremos? Já pensou nisso?
Na minha idade, muitos pensamos "Já estou ficando velha...", alguns até antes disso. Mas, e ela, que chegou aos 88, na minha idade não estava nem na metade da vida!
Não temos o poder de saber até quando duraremos. E se for mais um mês? Mais 6 anos? Mais 50? Cheguei ao ponto: jamais devemos encontrar desculpas na idade para deixar de fazer qualquer coisa na vida. Ontem uma amiga de 40 me contou que pediu o divórcio e vai "fazer a coisa mais louca que já fez em toda a sua vida". Certa! Nunca é tarde!
No velório, encontrei senhoras de 60, 70, 80 anos... Uma delas, ex-dona de uma boutique chiquérrima, estava lindíssima, vestida com elegância, me contando que fez um curso de Yoga e está dando aulas agora. Certa!
Minha melhor amiga está indo passar um ano nos Estados Unidos, justamente num momento da vida em que tudo estava começando a acontecer... reconhecimento e oportunidades profissionais, namorado, pós-graduação... estamos todos chorando antecipadamente a sua falta, mas ela está agarrando a oportunidade com unhas e dentes! Certa!
Todas certas! Parar, nunca! Perder a pose, jamais! Sentar no sofá e esperar a morte, nem passa pela cabeça dessas pessoas!
Então, tive mais certeza ainda de que devemos mesmo aproveitar tudo, sempre! As oportunidades não surgem duas vezes!
Posso estar, com todo esse falatório, tentando justificar certas loucuras que tenho cometido em minha vida... mas estou correndo riscos porque estou viva! E vou com certeza colher os frutos do que estou plantando, mas eu jamais saberia se não fizesse o que tenho vontade! E sempre tive medo de me arrepender das coisas não feitas - isso é uma linda frase quando temos 20 anos, mas aos 40 é uma realidade cruel para alguns.
Aproveitar o que a vida lhe traz. Aproveitar o que você busca da vida, mesmo que inconscientemente! Simplesmente fazer, sem pensar muito. Quem pensa demais, acaba sendo engolida pelo tempo. Saber a hora certa às vezes é impossível... buscar mais da vida, porque a gente só pode estar satisfeito no momento final!

2 comentários:

Marcio-SJP disse...

Senti um "q" de alguem preocupada com o que tem feito?

Curta a fase, o momento, e os frutos nem sempre precisam ser colhidos...podem ser deixados para cairem no chão.

beijos,
Marcio 4.0

Mulher de 40 disse...

É verdade, não tinha pensado assim...
BJS

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails