quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

A Vida...

“A vida são deveres, que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas !
Quando se vê, já é sexta-feira...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê, passaram-se 50 anos !
Agora, é tarde demais
para ser reprovado...
Se me fosse dado, um dia,
outra oportunidade,
eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente
e iria jogando, pelo caminho,
a casca dourada
e inútil das horas...
Dessa forma, eu digo:
não deixe de fazer algo que gosta devido
à falta de tempo. A única falta
que terá, será desse tempo que
infelizmente não voltará mais.“
(Mário Quintana)

3 comentários:

Afrodite disse...

Perfeito o poema...ainda mais sendo de quem é ,né???
Que possamos aproveitar ao máximo nosso tempo!E não disperdiça-lo com o que não merece...

LEO disse...

Delicia de Mulher,
obrigado por ter dividido comigo os bons momentos de 2010 e...

“Ainda assim acredito
Ser possível reunirmo-nos...
Num outro nível de vínculo
Tempo tempo tempo tempo...”
(Caetano Veloso)
Que,
2011 Seja um novo e bom tempo!
Leo.SeximaginariuM

solange baumer disse...

É...É assim que resolvi viver.Intensamente cada minuto.Chega de vidinha +ou-.Vivida pelo que os outros acham ou esperam de mim.Agora é abrir as portas e janelas e deixar a vida me levar por onde ela quiser.
Mario Quintana sabia o que dizia.
beijos flor.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails