quarta-feira, 15 de julho de 2009

Amores virtuais

Tenho uma amiga que conheceu um cara pela internet e começou a namorar.
O tempo foi passando. Ela foi-se apaixonando e deu corda. Comunicavam-se por uma espécie de portunhol, porque ela não falava francês nem ele português, mas ele falava espanhol e ela entendia hehehe...
Ele quis conhecê-la pessoalmente. Como não tinha muita grana, resolveu vender o que tinha pra comprar a passagem.
Pela web cam, ela via a mobília do cara ir sumindo atrás dele... A estante, o sofá, tudo se foi.
Finalmente, chega o dia do encontro. Ela foi com a mãe no aeroporto esperá-lo. Quando ele desceu do aeroporto... o susto.
Minha amiga parece a Betty Boop, baixinha, miudinha, uma graça! Ele era muito menor do que ela! Ela se apavorou e quis fugir dali. Mas a mãe dela não deixou. Levaram o cara pra casa delas.
Não adiantou. Ela simplesmente não deixou o cara chegar perto dela, não rolou nem um beijo sequer.
E ele se foi.
Decepção dos dois lados, claro.
Que isso não sirva de "banho de água fria" para quem acredita em amor virtual. Eu mesma acredito! Às vezes me apaixono por alguém só pelas idéias que trocamos... se rolar umas fotos ou uma web cam, então, e o resultado for convidativo... a gente pensa mil coisas, afinal, toda mulher é assim, fantasiosa!
Mas, acho que, como em todas as situações reais da vida, o amor virtual também não pode ser cego. Porque assim como na vida real, na vida virtual a gente se mostra como gostaria de ser... ou mostra só o que quer.
O tempo e nossas atitudes mostram o que é verdade e o que é fantasia... o que é coisa de momento e o que é pra ficar... o que é carência e o que é coerência.
Beijos apaixonados!
(ainda que sejam beijos virtuais...)

4 comentários:

Stella disse...

Bããh sua amiga tambem foi muito do mal né? como qe ela deixou ele fazer isso ela nao perguntou altura, peso coisas basicas, nos mulheres somos fantasiosas SIM, mais tmb temos o pé no chao né! mais adorei o post colega mt bom / *-*

lettyns disse...

Muito interessante seu post.. Eu mesma já me apaixonei mas deu em nada. amor virtual, namoro a distância é bem complicado.

bj.

Anônimo disse...

Bem, eu tb já tive um romance virtual q foi um desastre gastei uma nota de net e depois telefone e ele sumiu! Valeu pelo romantismo, cada dia ele postava uma mensagem linda e eu imprimia e eu não tive coragem de jogar fora até hoje E olha q já faz mais de 5 anos!

Pascale disse...

Eu tenho um amor virtual. Espanhol, lindo, 1,89 de pura gostosura. Só que ao contrário da colega, eu que vendi tudo e fui passar uns dias em Madrid. Ainda bem que ele era mais bonito ainda pessoalmente, alto, cheiroso, não tinha bafo nem chulé (como algumas amigas minhas achavam que tinha). E gosta de tomar banho, hein... Mas... não tem futuro. Nem ele deixa a Espanha pra ficar comigo, nem eu deixo minha família e meu trabalho para ficar com ele lá. Bom... assim são os amores virtuais.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails