quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Transar no primeiro encontro

Esse tema é bem repetitivo nos blogs de relacionamento, revistas femininas e bate papos entre mulheres. Aqui no blog, devo ter escrito apenas alguns parágrafos sobre o assunto. Na verdade é um assunto que para mim não importa muito, porque sou de uma época em que os adolescentes não ficavam... até ficavam, mas a coisa fatalmente se repetia e se transformava em namoro. Quando não se transformava em namoro, ficávamos amarrando o bode por um tempo e logo partíamos para outra.
Depois de passada a fase da adolescência, os namoros passaram a envolver sexo. As meninas não davam para qualquer um, não. Pelo menos não eu e as da minha turma. Se acontecia sexo na primeira vez que a menina ficasse com alguém, era porque já havia algum tipo de envolvimento anterior, no mínimo amizade. Havia uma espécie de seleção. Por isso, quando leio sobre "pagar boquete no primeiro encontro", fico meio abismada... Isso não é sexo?
Ou eu era - e sou - muito puritana, ou as pessoas perderam a noção. Acho sexo oral uma coisa muito íntima para ser feita antes do sexo ou com um estranho. Para mim, sempre rolou depois de um tempo de relacionamento. Senão, se torna uma coisa meio fria, parece que a mulher está querendo mostrar uma naturalidade com o sexo que a torna vulgar aos olhos dos outros.
Aí é que está o ponto... Às vezes a mulher quer parecer liberal e moderna para um cara, transa, e, já meio apaixonada, acha que o cara também vai se apaixonar por causa de umas boas horas de sexo. Por isso fica esperando o tal telefonema que nunca vem, ou que só vem nas noites de segunda a quinta. Por isso descobre depois que ficou "falada". Não é o fazer sexo em si que a torna vulgar, é a atitude.
Se você transou e está segura de que fez o que estava realmente a fim, não há motivos para se considerar vulgar. Aí o cara que falar isso, está se mostrando machista. Bem, se você está a fim de um macho, entre na dele e não dê. Mas se está a fim de um homem de verdade, na certa este homem não vai ligar se você transou com ele no primeiro, terceiro ou décimo encontro. É a sintonia que existiu que vai determinar o seu, digamos, grau de vulgaridade (achei ridículo esse termo...).
Pense bem... Às vezes temos com uma pessoa desconhecida uma afinidade instantânea, e não estou falando só de sexo. Afinidade de ideias, de motivações, de vidas. Você conversa horas com uma pessoa e descobre inúmeras coisas em comum. Viram amigos. O corpo também pode ter essa afinidade com outro corpo. Viram amantes. Se as afinidades aumentarem com o sexo, ou com as conversas, ou com as coisas que fizerem juntos, vocês poderão ter um relacionamento.
Um relacionamento verdadeiro não pode ser começado com mentiras. Você gosta de sexo e tem que mentir para o cara se interessar. Palmas para você, que mais adiante vai fingir que está feliz com um cara que te troca pelos amigos no sábado. Isso te serve? Entre no jogo. Se não te serve, na próxima vez que se sentir atraída por alguém descubra aonde está pisando e vá fundo!
Acredito que na vida passamos por fases. Se você está em uma fase de desespero e quer muito arrumar um relacionamento sério, pode saber que seu olhar espantará qualquer tipo de homem, a não ser os cafajestes, que se aproveitarão da sua carência. Se você está bem consigo mesma, o mundo vai conspirar a seu favor. Ninguém quer uma desesperada. E nem sempre é uma desesperada que transa no primeiro encontro, às vezes é uma mulher que sabe o que quer, e para ela, não é qualquer homem que satisfaz.
Você transou e ficou querendo mais? Pense se não estava desesperada. E você que é homem... sabe se satisfez aquela mulher que você pegou e usou para sexo? Sabe se somente usou ou se foi usado também? E amanhã... será que ele - ou ela - vai ligar?

15 comentários:

Anônimo disse...

"na certa este homem não vai ligar se você transou com ele no primeiro, terceiro ou décimo encontro"
Certíssima !
quando queremos SEXO aí se não rolar logo ,desistimos...mas se está afim da mulher ,nenhuma pressa.

Anônimo disse...

Muito boa a percepção de que não só as "desesperadas" dão no 1º encontro.E que os homens tbém podem ir se acostumando com a idéia de que ELES são os usados!! Valorização humana não tem sexo! homens e mulheres precisam entender isto!

lully0901 disse...

Também sou da sua geração... Comecei tudo muito mais tarde q as minhas amigas... Beijar, namorar e transar.
Sem contar q fui criada num ambiente muito conservador. Minha mãe achava ( e ainda acha até hj) pecado em tudo.
Mas, sempre fui muito "quente"... Vivi muito em conflito entre o q era certo e o q era errado.
Finalmente, aos 40 anos... Solteira, sem filhos , me descobri
e não me sinto vulgar .
Estou em paz e não consigo mentir para não sair "falada" por aí.
Acabei um relacionamento recentemente pq , de alguma forma, o cara me viu com outros "olhos" por ter transado no primeiro encontro.
E como não tenho problema nenhum com isso, virei a página e boa pra frente.

Lady Li disse...

Hoje em dia podemos sim comparar a mulher com o homem quando estes só querem satisfazer uma vontade. Conheço muitas mulheres que transam no primeiro encontro e querem mesmo só sexo, não fazem nem questão que o cara ligue no dia seguinte. Eu fico chocoada com isso, pois sou diferente, careta nos dias de hoje. Sou do tipo que não fica, namora, e só depois de um tempo rola sexo.

tico litlle disse...

mulheres de verdade nao dao na primeira noite. No maximo na 3ª vai.. concordo com a palavra "afinidade", normalmente, ja rola um contato, ja deu aquele beijo no fim de festa mes passado e tals..

Bobry disse...

Oi!!

Queria entrar pra sua lista de blogs amigos (que cara-de-pau). Adoro seus textos, são muito bem escritos. Ah, meu blog é: http://porquecontinuamoscasadas.blogspot.com/

Anônimo disse...

Eu nunca daria no primeiro encontro.Não porque eu seja moralista ou puritana. É porque meu corpo precisa antes se acostumar com o toque, o cheiro, o jeito da outra pessoa.Mas isso acontece rapidinho. Já dei no 2°encontro pra um colega de trabalho com quem convivia há muito tempo. Mas se fosse com um estranho teria demorado bem mais.

Safadinha Zinha disse...

Já transei com uma menina no primeiro encontro, nos conhecemos pela net. Ela disse que estava há um tempo sem sexo e ficou toda tímida na hora. Mesmo assim foi muito bom. Só que liguei para ela só depois de uma semana. Hoje chamo ela para sair e não quer mais! Fiquei com raiva de mim, deveria ter ligado no outro dia, mulher gosta; mesmo que seja para enrolar, liguem...


safadasnaputaria.blogspot.com

eva mooer disse...

o homem pode encontrar uma boa transa em qualquer esquina,acho que hoje a mulher também.Mas o meu ponto é que a diferença está em o homem curtir também a cabeça da mulher.Se ela deixar que primeiramente ele se apaixone pela sua essência, a transa poderá se tornar uma constante.Caso contrário depois do sexo, ele vira a página porque ela foi apenas uma a mais na sua lista,o prazer foi satisfeito e ele parte para outra.
Não faria sexo,amor ou qualquer contato do 3 grau com ninguém nos primeiros encontros.Acho que nenhum homem merece uma doação assim intensa,e eu posso me controlar, afinal sou mulher.
abraços para todos

Luciana Becharat disse...

Sabe, eu vejo muita mulher se dizendo bem resolvida e que "barbariza" no primeiro encontro. E o cara não liga depois. E ela entra em depressão.
No fundo, acho que as pessoas estão muito sozinhas, e essa carência acaba gerando "compensações", como a busca desenfreada pelo sexo.
No fundo, NINGUÉM (nem os homens)querem só sexo. A maioria quer companhia.

Anônimo disse...

Gente me desculpem, mas ainda me encontro traumatizada em ter dado no primeiro encontro! Sempre vivi em conflito com isto porque pra mim realmente o que deveria contar é a sua atitude e com quem você estava no momento da transa. Mas não é bem assim não! Depois do tombo resolvi fazer uma enquete em faculdades, no trabalho,barzinhos, danceterias e afins. Fiquei de queixo caido com as respostas! O número de mulheres que são contra a dar no primeiro encontro quase iguala com o número de homens. A maioria disse que só falam q tudo bem para não ficarem mal na fita com as amigas, mas que no fundo jamais dariam no primeiro encontro porque os homens realmente discriminam esse tipo de mulher. E a opinião dos homens entrevistados é 99% a mesma resposta: é mais gostoso e interessante quando a mulher se faz se difícil mesmo que isso seja um joguinho delas, ainda assim é mais gostoso do que aquelas que já vão logo no que interessa, perde a graça. Tenho amigas que hoje são casadas com homens dos quais deram no primeiro encontro, mas convivendo com eles no dia a dia percebi que são homens de mente mais aberta e criados por pais mais liberais.

Paulinhaahrib disse...

Minha vida é bem parecida com lully0901, os conflitos, tudo muito tardio ( namoro, transa, não me arrependo de ser assim e as decepções acontecem. Também sou solteira, sem filhos. Eu gosto de envolvimento, pois, de outra forma é tão frio, não existe carinho, e assim pra mim não rola e nem faz falta.

Geny disse...

Fazer algo para agradar o outro é péssimo, esperar que o homem se sinta compromissado pq vc transou com ele, pior ainda. Se pintou tesão de ambas as partes, pq não transar. Esperar que o outro ligue no dia seguinte é uma ilusão a que todas estão sujeitas. Se apaixonar pelo cara é um risco considerável, enfim sexo é muito bom seja no primeiro encontro, no segundo, no terceiro...

Anônimo disse...

Bom galera infelizmente eu passei por uma situação dessas, mas eu já estava envolvida, eu recebia telefonemas, mensagens todos os dias e várias vezes até tudo acontecer.
Foi tudo perfeito e tudo muito ótimo, mas no dia seguinte nenhum telefonema, foi deprimente, não que isso tenha afetado a minha moral ou o meu cárater, na minha boa fé e minhas vontades eu quis mais que uma transa.
Eu aconselho a conhecer melhor a pessoa, ou então vc só realmente conhece as intenções de alguém, transando num primeiro encontro, infelizmente...

Anônimo disse...

Muito bom

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails