segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

A vida tem dessas coisas


Mais uma noite de amor. Ou de sexo, depende do ponto de vista. Sabe, nem estava muito a fim de nada sábado passado. Talvez nem devesse estar mesmo. Porque viajei para tentar resolver minha vida com um mínimo de distanciamento possível. De tudo e de todos. Mas não resisto a um corpo que me chama...

A vida tem dessas coisas. E ele veio de novo para mim. Sempre muito carinhoso. Sempre gentil. Eu estava muito tagarela. Conversei muito. Ele me ouve. Ele conversa. Sempre tem muito a dizer também. Mas quando a gente se beija, eu esqueço o resto.

Tinha selecionado umas músicas lindas. E uma lingerie mais ainda. Dancei para ele, tirei a roupa devagar, roçava meu corpo no seu de leve, roçava minha boca nos seus lábios. Tirei sua roupa devagar. Continuei provocando. E beijando seu corpo todo, eu realmente queria deixá-lo louco de tesão.

Não deixava ele me tocar, até que ele não aguentou mais e tirou meu sutiã. A fome com que ele me pega é que me deixa com mais tesão. Parece um desespero. Me amassa, me beija, me morde, me explora. Mas não deixei ele me dominar, fiquei em cima até ele pedir pra eu ir com calma, pois não estava se aguentando. Mas era justamente o que eu queria, tirar ele do controle.

Mas eu ainda queria conversar mais. Sempre conversamos sobre relacionamentos. DR entre amantes? Engraçado! Conto a ele sobre o blog. Se interessa. Mas nunca mostrei pra ele. Disse que vai procurar meu blog na internet. Espero que não encontre rsrsrs...

Enfim, falei pra ele "Se você acha que homem tem que dominar a relação, hoje dominou muito pouco, porque até agora fui eu que fiz tudo aqui!"

Veio para cima de mim e quando achei que ia começar a me fazer carinhos simplesmente já estava dentro de mim, com força e gentileza ao mesmo tempo. Adoro isso no sexo, homem que chega e vem pra cima com tudo! Imediatamente comecei a gozar, com ele até o mais simples papai e mamãe fica fantástico, ele entra dentro do meu corpo, ele entra dentro da minha alma e me leva até as nuvens.

E quando termina, carinhos sem fim. Beijos. Até cantei no seu ouvido, ele adorou. Impossível não ficar apaixonada. Mas é uma paixão diferente. Falei isso para ele. Uma coisa que nunca vai passar disso, e vai ser sempre uma paixão, porque nunca teremos nada além disso entre nós.

Às vezes penso em tentar mudar isso. Mudar aquela sensação de saudade física no outro dia. Aquele não saber o que fazer. Mas isso fica para outra hora. Só queria guardar aqui mais essa lembrança de uma paixão que o tempo não deixou morrer. Paixão é algo que me alimenta. Me consome também. Mas me deixa feliz, nem que seja por breves momentos. Paixão não é para discutir. É para sentir.

Beijos!

8 comentários:

Juliana disse...

A Frase final resume tudo... mas eu acho que ele vai acabar achando seu Blog kkkk blz ele vai te amar mais.

@vinnizinhow disse...

post incrivel como sempre! é por essas e outras que eu me amarro nesse blog... é simplesmente incrivel o que as pessoas podem fazer com as palavras e vc, linda, faz isso com maestria... ;3

Eli disse...

eu vivi esse sentimento a bem pouco tempo. tenho um amigo de infancia que se transformou num amante, e confesso, ele me faz uma mulher muito feliz na cama e em todos momentos q passamos juntos. mas eu queria mais que isso,so que ele n, e pra mim ta sendo dificil, so q n adianta continuar pq sei q pra ele eh so cama.

Érica Lenita Blog´s disse...

Amiga... isso está mais para um amor meio resguardado... Discutir relação com amante, ninguém merece!!

Confesso que já passei por isso e foi demais! E tenho saudades do que passou... mas não se pode voltar no tempo...

Boa sorte pra tu!!

Bjs

EAD/JOYCE disse...

Incrível, acho q é isso mesmo, kkkk bjs

Luciana P. disse...

Paixão é pra sentir, o problema é quando ela evolui demais, aí perde a graça, hahahaha. Mas tudo bem, ninguém onsegue ficar apaixonado pra sempre. Mas que a gente sente falta desse tesão, dessa vivacidade dos sentidos, ah, e como sente. Experimenta ficar casada por 20 anos como eu, só fazendo terapia pra fazer ressurgir tudo aquilo de novo, rsrsrs.
Mas, pra quem gosta de coisas mornas, tá bom, pior é quem não suporta, que gosta dessa coisa de impulso, calor, loucura, rosto colado e sussurros no ouvido.
Acho melhor que não haja planos, mas os dois precisam querer só isso. Quando um dos dois confunde, aí danou-se, acaba tudo.

Voltando hoje das férias, direto pro Afrodite.
Beijos!

Lu

carlota disse...

Meu Deus tambem ja vivi isso, e se existe a tal da felicidade plena é nisso que ela se resume.....isso é se sentir viva de verdade, com todos os seus sentidos a flor da pele a vida deveria ser assim sempre, ou pelo menos uma vez por ano, quem não vive isso nunca vai saber a intensidade desse sentimento!!

Tahh Frechh disse...

Maravilhoso!!!
Já passei por isso anteriormente e estou passando novamente. É mesmo tudo de bom ter alguém que te conhece de uma forma diferente, alguém que faz de tudo para te agradar cobrando ou não. E mesmo que cobre, qual é o preço de dar prazer?! Apenas mais e mais prazer!! ;D

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails