quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Mulheres Maravilhosas


Pude passar uns dias com uma grande mulher que conheço e que é minha amiga há anos. Conversamos muito, bem menos do que eu gostaria... Pensando nela e em outras que conheço, chego à conclusão, mais uma vez, de como é difícil para as mulheres maravilhosas serem felizes. O problema básico? Inteligência. Poder.
Homens não podem com isso. Para não ouvir tantos gritos, vá lá, 99,99% deles não podem. Porque as mulheres maravilhosas se fizeram sozinhas. Saíram da barra da saia dos pais e das mães, estudaram enquanto moravam sozinhas e trabalhavam, e ainda encontravam tempo para receber os amigos e colegas em sua casa ou apartamento de estudantes.
As mulheres maravilhosas tinham namorados quando eram jovens. Mas parece que não dava certo, parece que nunca estavam no mesmo tempo. Elas, sempre à frente. E elas continuaram lutando. Se formaram, abriram o próprio negócio em meio a uma selva de pedra e trabalharam mais do que escravas.
Quando o relógio biológico, nosso velho e implacável conhecido, cutucou, a mulher maravilhosa sentiu necessidade de casar, constituir família. Se sentia meio que um ET, todo mundo casando, só ela ficando "para titia". Acabou dando um tiro no escuro e acertou.
Acertou em alguém que não valia nada, mas que veio a ser pai de seu filho. Lutou para que desse certo. Surtou quando não aguentou mais. Mas, como é maravilhosa, continuou sempre em frente, sem depender nunca de ninguém para subir degraus cada vez mais altos. E tocou sua vida, comprou sua casa, seu carro, seu celular top de linha.
Sempre sozinha. Cuidando do negócio, da casa, do filho, até dos parentes e amigos. Sempre trabalhando como uma - louca? - não, como uma mulher maravilhosa. Fez MBA. Acumula cargos de responsabilidade. Faz ambrosia como ninguém mais no mundo. Faz artesanato, sempre está estudando, sempre ensinando e corrigindo o filho, dá atenção e sábias palavras para quem está com problemas.
Mesmo estando enlutada, a mulher maravilhosa tem sempre uma palavra bem humorada para quem quer que encontre no caminho. Porque ela tira leite de pedra, aprendeu isso com a vida e a vida também lhe ensinou que quem quer, tira realmente leite de pedra. Mesmo após uma semana de trabalho árduo, encontra tempo para levar crianças para passear e para tomar um chopp com as amigas.
Ela é a mulher maravilhosa. Mas quem vê isso? As outras mulheres maravilhosas. Ou aquelas que, como eu, têm orgulho de conhecê-la e saber que podem contar com ela, e que ela vai ouvir e dizer o que pensa ser correto, e não o que acha que gostaríamos de ouvir.
A minha sincera homenagem aqui às mulheres maravilhosas. Elas estão mudando o mundo e tomando conta. Os homens - 99,99 % deles rsrsrs - não sabem o que fazer com elas. Preferem ficar à distância, ou à espreita. Tiram uma lasquinha delas, de vez em quando, tentando saber se têm culhões para lidar com elas. Duvido que tenham. Porisso elas têm dificuldade de ser felizes: os outros esquecem de que, antes de serem maravilhosas, elas são apenas mulheres.

10 comentários:

Anônimo disse...

Não tenho comentário! Adorei a foto da mulher maravilha, meu cabelo é mais curtinho...bj

Fabi Gold disse...

Estou ficando cansada dessa história que porque somos tão maravilhosas estamos sozinhas... porque não encontramos esse 0,01% que nos banque...
Homens, vcs realmente concordam com isso? Vcs não podem com a gente? Vcs realmente fogem no primeiro sinal de dificuldade?
Esquecemos o significado das palavras "construir" e "juntos"?

Luh disse...

que texto lindo!!!
fiquei emocionada!
amei!!!

beijos

Marcio-SJP disse...

"Por isso elas tem dificuldade de ser felizes"

Eu acho que o fato é bem simples.
Até o BOM, quando é demais cansa...existem niveis toleraveis, tanto para qualidades, quanto para defeitos.

Obs.: Cada um é o que a vida fez.

inté
Marcio 4.0

Nana disse...

Ok ok, até é verdade que homens podem se sentir um pouco inseguros diante de uma "mulher maravilhosa". Mas acho que não é esse o ponto.

Algumas hipóteses de possíveis problemas (minha humilde opnião):

1. A "mulher maravilhosa", pode não ser tão maravilhosa assim em um relacionamento. As pessoas andam muito voltadas pra si mesmas, procurando nas outras algo que possa suprir uma falta de não sei o quê. Procurando alguém que tome seus fardos, que aguente suas chatices, que entenda todos os seus caprichos. Aí exige, exige, exige... E isso enche o saco. E o que todo mundo quer? Uma companhia agradável, não um pacote de problemas e chiliques.

2. Talvez não seja nada do que eu disse acima, e sim um simples problema de prioridades. A "mulher maravilhosa" tem tantas responsabilidades, que dá pouca prioridade ao relacionamento, que deveria estar entre os primeiros itens da lista.

3. Essa cultura do "ninguém é de ninguém", da curtição, etc e tal, tem muito a ver com isso. Mesmo não existindo nenhum dos problemas acima, ainda tem a questão de que muitos homens não querem mais compromisso. Aí não faz diferença se é a "mulher maravilhosa" ou a analfabeta da favela, porque as coisas acontecem tão rápido, que ninguém chega a se conhecer realmente e descobrir a tal "maravilhosidade".

Nossa, virou quase um outro post. :P

Dra Juliana disse...

Parabes pelas matérias apresentadas em seu blog.
Dra Juliana

Daniella disse...

Respondi seu comentário no meu post, se quiser dar uma olhada.

Glorinha Castro disse...

Tenho o privilégio de, conhecer algumas "mulheres maravilhosas" que perdem a felicidade por depositarem altas expectativas em homens nada "maravilhosos".
É isso!
Neste rol incluo a mim mesma.

Arthur disse...

Homens, digo "HOMENS", gostam e muito dessas "MULHERES maravilhosas" porque se identificam com elas não só no amor e no sexo. A questão é que em sua grande maioria existem "mulheres" e para essas nada melhor que "homems".
Essas "MULHERES" e "HOMENS" estão fora dos 99,99%. Portanto não se resolve saindo dando um tiro no escuro...mas sim exercitando a capacidade de procurar..procurar... procurar....
falei...

meninadosolhosazuis disse...

Gostei bastante mesmo.Penso que nós precisamos cada vez mais assim de mulheres maravilhosas e não de mulheres que muitas vezes ficam na sombra dos seus maridos.
Eu realmente não entendo o porquê de eles se afastarem dessas mulheres mas acho que se deve ao facto de elas não serem dependentes deles, de elas conseguirem ser melhores que eles em certas coisas e deve-se principalmente ao facto de elas não ficarem presas a eles tanto a nivel emocionla como financeiro, ou seja, elas tem o poder se eles as merecem ou não, ficam em pé de igualdade e para muitos homens isso não é correto, nos devemos ser um pouco inferiores.....
Espero sinceramente que nós mulheres consigamos fazer entender aos homens que NÓS NÃO QUEREMOS SER MELHORES QUE ELES, NÓS NÃO NOS IMANCIPAMOS, NÓS NÃO LUTAMOS PELOS DIREITOS DA IGUALDADE DE SEXOS POR VAIDADE OU PARA OS HUMILHAR , NÓS APENAS QUEREMOS TER AS MESMAS OPORTUNIDADES, RECEBER O MESMO PELO MESMO TRABALHO E QUEREMOS QUE ELES ENTEDAM QUE ESTAS MULHERES MARAVILHOSAS DE QUEM SE FALA NÃO SÃO NENHUNS "ET'S" NÃO SÃO NENHUM PAPÃO, ELAS SÃO APENAS MULHERES COM M GRANDE , MULHERES COM GARRA QUE LUTAM POR AQUILO QUE QUEREM E ACREDITAM

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails