domingo, 25 de julho de 2010

Te necesito, mi amor

Preciso de você agora. Preciso que me beije até machucar minha boca e até arranhar meu queixo com sua barba mal feita. Preciso que me abrace forte e me acaricie por cima das roupas como se fôssemos adolescentes namorando escondido.


Preciso que me jogue na cama como se eu fosse uma boneca de pano. Preciso que me dê alguns tapas na cara e muitos beijos mais ainda. Preciso que beije e morda meu pescoço, e vá tirando toda a minha roupa e beijando cada parte desnudada, me torturando com sua calma.

Assim nua, sob seu poder, preciso que me amarre as mãos e que me vende os olhos. Quero me sentir completamente escrava de suas vontades, agora. Sinto você se despindo, e quase desfaleço quando sinto os pelos de seu peito roçando meu corpo.

Preciso que agarre meus seios com luxúria e beije-os. Preciso de sua língua no meu sexo. Até que eu grite por você. Então, preciso que me penetre com força e paixão, que me chame de meu amor e continue assim, em cima de mim, até eu sentir nosso prazer misturado às minhas lágrimas.

Preciso sentir seu suor depois disso, sua respiração alterada. Preciso que aos poucos você chegue perto de mim e fique brincando com meu corpo. Preciso de você de novo. E de novo. Preciso ser usada por você e, aos poucos, preciso que me peça para usar seu corpo até você não aguentar mais de prazer.

Preciso ter você. Porque preciso sair de mim para estar com você. Porque nós dois somos perfeitos juntos. Ainda que por breves momentos.

8 comentários:

Anônimo disse...

Hj estou me sentindo assim ainda estou de ressaca mas quem não tem um amor proibido , tbm nescessito do meu amo ...........

LEO disse...

Nossa! essa volupia vai acabrar dando, dando muito certo!
BJSSS
LEO

Lena disse...

Sinceramente, ultimamente ando me sentindo justamente como neste post. Preciso urgentemente!
Tenho mais uma surpresinha pra ti no meu blog!
BJOS
Lena

Eduardo Dalla Costa disse...

Os desejos e vontades são na verdade necessidades do corpo e da alma, que saciados suprem-nos por completo.

AstralService disse...

A idade está na cabeça... e no signo!

Antonio C Ribeiro Jr. disse...

Apaixonante texto!
Traz do fundo d'alma toda a ansiedade, os desejos e as carências que nos são inerentes, mortais que somos...
Te pega na veia, no coração, na alma e no sexo...
Parabéns!!!

Glorinha Castro disse...

Sinto que você escreve o que sente. Pelo seu estilo não pode ser fruto de simples imaginação...ou pode?!
Sei lá! Fernando Pessoa disse que o poeta é fingidor então..tudo é possível para alma sensível como a sua.

BeijO & feliciadades mil

Mulher de 40 disse...

Glorinha,
o mais puro sentimento, tem razão!
Beijos

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails