terça-feira, 8 de novembro de 2011

Quando o homem é mais experiente

"Olá mulher-inspiradora!
Conheci um rapaz pela internet aqui da minha cidade. Não criei expectativas no começo, já que mal falávamos. Desde o início o achei lindo pelas fotos e gostava de conversar nas poucas vezes e pelo pouco tempo. Na última conversa ele pediu meu celular, eu dei, e ligou pra mim dizendo que queria saber como era a minha voz.
Na sexta ele me perguntou se eu tinha algo para o fim de semana, falei que não e marcamos de nos encontrar no dia seguinte num restaurante.
Sábado à noite e então lá estávamos nós, eu ansiosa e encantada, ele seguro, confiante e falante, como nunca vi um homem ser! Falou a maior parte do tempo... Do trabalho, da família, do passado, de si, mas não de forma arrogante...
Percebi que temos diferenças gritantes quanto ao que se diz de vivência, ele é muito mais experiente, trabalha, é determinado, já tem vida feita. Eu sou estudante, dependo de meus pais, sou ingênua, inexperiente, sonhadora, muitas vezes não sabia o que falar durante a conversa pelo nível intelectual e me frustrava.
O caso é que gostei tanto dele, escrevi poesia pela inspiração que me causou, é bem diferente de antigos namorados meus... Crianções, ciumentos, possessivos, inseguros, que tornaram-se chatos com o decorrer do tempo.
O que eu poderia fazer? Deveria esquecê-lo pela enorme diferença que temos, ele ser realista, eu mais mística, ele estar numa etapa da vida bem mais à frente do que eu...?"
Resposta da Mulher de 40
Acho que você não deve se colocar em um nível inferior ao do rapaz com quem está saindo, sejam quais forem as diferenças a que se refere, culturais ou de experiência de vida. Afinal, se não houvessem afinidades, não teriam se aproximado. Mas só o tempo vai dizer se essas afinidades são suficientes para que os laços se fortaleçam.
Então dê tempo ao tempo, aproveite para aprender coisas com ele, e não tenha medo de ser sincera e dizer a ele quando não está entendendo algo. Às vezes é justamente em certas diferenças que se baseia um relacionamento, desde que se saiba lidar com elas de maneira sincera e coerente.
Não tente ser outra pessoa para impressionar a ele, e sim tente encantá-lo pelo que você é. Mas não deixe que os sonhos tomem conta da realidade, procure sempre vê-lo, e ver o relacionamento de vocês, de maneira franca.

4 comentários:

Helena Blue Moon disse...

A vida é curta demais para que a gente não valorize as oportunidades que surgem e as vivamos intensamente.

Hoje eu me arrependo muito mais do que não vivi, não falei, ou não tentei, do que vivi e deu errado.

Coragem.

E lembre-se, ele se aproximou de vc pelo q vc é. Lógico, vc vai crescer, amadurecer, mudar, etc.; só não queira virar aquilo q vc não é pensando assim q o vai agradar.

Anônimo disse...

Acorda amiga, bode velho gosta é de capim novo. Ele pode ficar encantado com a sua beleza, juventude, frescor... ele pode achar até bonitinho a sua ingenuidade. Homem gosta é de carinho e sexo bom e isso uma mulher de qualquer idade pode fornecer. Seja você mesma e deixe rolar naturalmente.

A moça da história disse...

Poderia falar como estamos agora, mas seria uma história comprida... Eu pus em prática os conselhos e estou sendo natural, tentando fazer dar certo. Ele é complicadinho, só que me encantou tanto e sou paciente para aceitar o que vier...
Beijos

Anônimo disse...

Amiga cai fundo!
Meu marido é 39 anos mais velho que eu, e sou também ingênua mas ele me compreende bem e diz gostar de me ensinar as coisas da vida e o que ele ja viu. Amo muito meu marido, mas sinto muito ciúmes dele pois ele é um príncipe,rsrsrsrs. Vocês se darão muito bem!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails