quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Amores que marcam

"Esses dias conversava com um amigo e ele falou que tinha saudade de uma ex-namorada, e ao mesmo tempo medo de encontrá-la. Pude ver em seus olhos um brilho e um sorriso especial ao lembrar dos momentos juntos.
Ela cansou de esperar que ele tomasse uma atitude e assumisse a relação. Ele aceitou o rompimento quando ela pediu uma decisão, porque nunca pensou que a relação terminaria de verdade. Esse é o tipo de saudade que se leva para o resto da vida. Pessoas que marcam e deixam saudade. Pessoas que sentem uma atração enorme, mas se separam.
É aquela química perfeita que em alguns momentos mete medo. É aquele beijo com gosto de quero mais. É aquela despedida não querendo ir. É acreditar que um dia, quem sabe, um dos dois vai abrir seu coração e expor seus sentimentos. É não querer um fim, mas por desconhecer os sentimentos do outro, acabar com tudo para ver o que vai dar. Isso significa que existem muitas pessoas que optam por enganar a si mesmas.
Uma vez que existe um sentimento forte que nos dá prazer, e ao mesmo tempo sente-se que aquela é a companhia perfeita, e quando estão juntos o tempo passa sem perceber, é porque existe um sentimento muito forte que não deve ser desprezado.
Talvez não tivessem percebido, mas o amor é isso e só encara quem tem coragem de assumir, jogar tudo para o alto, jogar a razão para o lado e viver a emoção.

Talvez por medo ou mesmo por insegurança casais se afastam e depois sentem um enorme vazio que é preenchido pelas lembranças daquele relacionamento que acabou. Uma saudade que dura a vida inteira e deixa sempre a dúvida de que poderia ter sido feliz com aquela pessoa.
É arriscado pensar que a outra pessoa ficará esperando a vida inteira, pois a solidão e a ansiedade de esquecer poderão ser supridas por outro alguém. Talvez não seja com a mesma intensidade, mas como uma tábua de salvação. Isso acontece porque a relação não se esgotou. Não teve um ponto final e sim uma vírgula ou reticências.
Por isso, quando sentir que alguém lhe faz suspirar e a lembrança dessa pessoa dá aquela saudade, fique atento, pois a felicidade pode estar bem à sua frente. O amor verdadeiro pode ter chegado e você está deixando escapar, simplesmente por medo de arriscar.
Quanto mais o tempo passa mais difícil será resgatar esse amor, até mesmo porque cada um dará um rumo à sua vida e com isso você correrá o risco de perder o seu grande amor. Portanto, quando sentir que alguém faz a diferença em sua vida não deixe que se distancie de você.
Traga para junto de seu coração e procure viver com intensidade cada momento. Arrisque e não tenha medo de viver esse amor. Enlouqueça. Perca a cabeça. Vibre como criança, pois o amor não é nem deve ser racional.
O amor é a eterna busca do ser humano. Abra os braços para este sentimento tão nobre e garanto que não irá se arrepender. O que lhe espera são muito mais que momentos mágicos.
Declare seu amor sem medo e não perca a chance de ser feliz, pois seu coração cobrará isso a vida inteira."
(Desconheço a autoria)

8 comentários:

Anyssima - Vida Linda de Viver disse...

Nossa! O texto veio como uma bomba! Nossos corações, quer queira, quer não, sempre cobra.
Ai de mim se tivesse lutado mais, em vez de esperar demais...
Amei!

Ana Luise disse...

Estão contando minha historia. Parabens.

Mulher de 40 disse...

...aquela química perfeita que em alguns momentos mete medo. É aquele beijo com gosto de quero mais...
Passei e estou passando por isso, não fui eu quem escreveu mas parece que saiu do meu coração...
Obrigada, amigas!!

Emanuella disse...

Texto lindo,me fez pensar e muito.

Anônimo disse...

Como dòi ler tudo isso e ter a certeza que è verdade, e que estou perdendo o meu grande amor, simplesmente porque ele quer viver oque eu ja vivi na minha vida, temos diferença de idades, enfim essas coisas... mas eu sei que oque vale na vida è viver um grande amor!!!So espero que no futuro ele nao fique com esse vazio que eu ja estou sentindo...
Nao foi eu quem achou esse site, foi ele quem me achou num momento tao dificil!!!obrigada

Anônimo disse...

nossaaa que lindoo
tudo que meu coraçõa está sentindo
tenho 19 anos,nunca fui de me apaixonar de me entregar,até que eu conheci uma cara,trocamos msg por uns 6 meses até que saimos foi otimo,ele foi maravilho.
Eu ainda era virgem,mais não rolou nesse nosso primeiro encontro até dormimos juntos e tudo
eu sabia que estava gostando dele
mais depois disso,ele não saiu mais dos meus pensamentos
Até que saimos denovo,e então rolou de uma maneira tão intensaa
minha insegurança,medo,vergonha
todo que acontece na primeira vez
passaram a não existir
Mais o detalhe ele é casado pai de familia e tem 39 anos
ele diz que não ama mais a esposa,mais tb sei que ele não vai jogar tudo pro alto,nem sei se é isso que eu quero,no momento sim
sinto saudade,uma saudade que dói
vontade,desejo o que jamais senti por outro homen.
não quero meu achar,mais não sou feia,tenho condições d achar um homen a meu nivél,mais não tenho intese,desejos por outro,e sei que jamais poderei ser feliz com ele
será só carencia minha?será que amo ele?será que ele me ama?
estou presa a esse homen,a essa saudade,aos prazeres que ele me proporciona
até mesmo por simples palavras por msg
daria até um post
preciso saber de uma pessoa vivida,experiência de vida de relacionamentos,quem sabe você ja tenha passado por isso.....
beijos adoro seu blog

criss_soro disse...

Eu passei por uma situação idêntica! Esperei durante mt tempo a pessoa se declarar, e sem falsa modéstia, perceber que éramos feitos um para o outro! Mas ele estava dividido entre as saídas c/ os amigos e a manter um relacionamento mais profundo cmg...me cansei e joguei para o alto! Resolvi dar uma chance a quem me queria bem, ele instintivamente percebeu o erro, mas aí já era tarde d+...tarde d+ para ele!

Anônimo disse...

Me envolvi com um homem casado e mantive um relacionamento de um ano com ele, apesar de não querer um fim tive que fazê-lo, viver esperando que um dia a pessoa tenha tempo pra me ver, me dar atenção, carinho, pra eu sentir toda essa química perfeita, querer que o tempo pare quando estamos juntos. É muito dificil insistir em amar um homem casado, que não possui muito tempo, que as vezes desmarca compromissos em cima da hora esperando sempre que eu compreenda. Resolvi desistir não por não amar mais, mas por sentir que posso perder minha vida toda esperando por uma coisa que não vem, cada vez me sentindo menos valorizada. Resolvi não ligar mais pra ele, pedi até pra ele não me ligar mais, mas ele liga e quando liga conversamos como amigos, mas quando ele começa dizendo que tem saudade, que quer me ver, eu só choro, tento me controlar pra ele não perceber e fico desconversando, dizendo que to ocupada e tal. Não sei o que é pior: uma saudade que pode durar a vida inteira ou dar rumo à vida e perder o grande amor da minha vida.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails