domingo, 11 de julho de 2010

Homens mimados


Às vezes, pergunto aos meu seguidores do Twitter sobre algum tema para postar. Principalmente quando ando sem ideias. Uma seguidora e amiga, há 6 meses atrás, me sugeriu falar "sobre esses homens mimados, literalmente estragados pelas mães".
E, parando para pensar, tem muito deles por aí, sobretudo escondidos por trás de uma carapaça de homens seguros. São homens mimados, que querem tudo na hora que eles querem, do jeito que eles querem, e se não for assim, se fazem de ofendidos e acham que estamos querendo mandar neles.
Inseguros, quase sempre foram criados cheios de vontade pelos pais, principalmente pelas mães. Conheço alguns exemplos (já vi e ouvi tudo isso, de mães e esposas ou namoradas!):
- "Filho, tá bom assim o suco ou quer mais doce, ou mais forte, ou se não tá bom, quer que faça outro?"
- "Sai daí, deixa que eu lavo essa louça, filho, não precisa..."
- "Você não sabe mexer nessa máquina de lavar, deixa que faço isso!"
- "A mulher dele não se presta a passar uma roupa dele!"
Aí começam a aparecer os comportamentos típicos desses bebezões com tamanho de gente grande:
- "Você sabe de QUEM eu sou filho?" - ou - "Você sabe QUEM eu sou?"
- "Eu falei que era DAQUELA marca, e não dessa!"
- "Como você não tem ESSA cerveja aqui nesse bar?"
Gustavo Gitti, no blog Papo de Homem, dá exemplos de homens mimados: os chatinhos que não comem de tudo; os que acham que podem fazer de tudo porque, para eles, tudo acabará bem; aqueles que não lembram de nada que você contou para eles - porque, para eles, só a vida deles importa. Destaca que neles dá para "perceber traços de irritabilidade, ansiedade, impulsividade e autocentramento. "
Nós, mulheres, temos uma certa tendência a cair nas mãos desse homens mimados. Se eles foram mimados por suas mães, namoradas e esposas, nós muitas vezes convivemos com irmãos mimados, mães subservientes e/ou pais donos da verdade. Acostumadas à realidade machista e passando por alguma fase de carência afetiva, está pronto o terreno para que um deles tome conta de nossas vidas.
E, no Manual do Cafajeste para Mulheres, encontrei no que vai dar o comportamento do homem mimado - descrição perfeita!
"As principais características dos cafas são a facilidade com que levam um relacionamento casual, sua capacidade de não se envolver tão fácil, e principalmente, a lábia. Cafas sabem tratar bem a mulher quando preciso e batem quando necessário (não digo violência física). Não são medíocres, conseguem conversar sobre qualquer assunto e valorizar a mulher como se ela fosse a melhor mulher do mundo. E por tratar cada uma com exclusividade e carinho, é comum a garota ficar envolvida achando que o cara quer algo sério. Só que ao perceber que a garota já está toda babando no seu pé, ele dá aquela sumidinha básica até que ela se recomponha."
Não preciso dizer que, como são mimados, basta você dar uma dura e eles balançam, já que suas estruturas são mais de aparência do que de profundidade! É bom vê-los roerem a corda...

21 comentários:

Leonardo Amaral disse...

Como disse num post por ai, eu acho mais proveitoso as mulheres de hoje PRESTAREM ATENÇÃO para não estragarem suas crias do que se importar com os babacas que andam voando ai fora. Uma criação "bem sucedida" é feita por todos, mas pra estragar, basta um.

Maria Tereza Penna disse...

Eu disse no meu Blog. Nós estragamos os Homens!! Esse mundo de Hpom ens é culpa nossa!!

Vinícius Sacramento disse...

Muito bom o texto. Hoje em dia, as mães, por insegurança ou sei lá por que, prendem muito mais os fihos homens. Eu, por exemplo, sou filho único, e senti isso na pele.
É difícil até tentar se tornar independente. Mas com jeito e jogo de cintura, dá.

Parabéns, o blog continua show!

Natália disse...

OMG. Meu "rolinho" vamos se dizer assim, é mimado, iso você ve de longe, muda-lo é bem dificil, mas contorna acho tarefa fácil, problema é ter que contorna-lo sempre, sei que umahora isso vai enche o saco e eu sou pouco explosiva. --'

Mas assim, apesar de mimado ele lembra sim de tudo que falo, tudo que acontece, como acontece, e é isso que ferra --' prefiria as vezes que não lembrasse tanto HUSAHSUHA'.

Mas mulher de 40 dá uam mãozinha pra garotas como eu que estão já nesse basco, saber mudar, ou contorna que nem estou fazendo, sem precisar cair fora, afinal, podem ser chatos, mimados, metidos, filhinhos de mamãe, smepre tem uam louca apaixonada por um desse.

E AMEI o texto *-*

http://bloggitando.blogspot.com Beijos by Natália R.

Tahh Frechh disse...

hahahahhaha adorei, mas infelizmente devo confessar que me identifico com esses homens mimados... sou filha única e minha mãe é 'daquelas' que adoram mimar...
Mas não sou assim e odeio agir dessa forma e espero não ser como minha mãe quando tiver meus babies!!
XD

celiabrandao disse...

Nós mulheres precisamos refletir sobre as projeções que fazemos nos filhos homens... Nossos ideais narcísicos e nossas carências podem desviar o curso de desenvolvimento dos meninos que sendo o Falo da mãe amanhã terão dificuldade em ser
empáticos com os desejos e necessidades de suas mulheres. abraço. Celia Brandão.

Anônimo disse...

Já tinha até me esquecido da nossa cunversa rsrs mas pensei em vc hoje acredita??? amei o texto hiper mega bem escrito! fora que mimo acaba se transformando em "melindre" mas isso já é tema para outro texto kkkk bjss!!!

Guia do Prazer disse...

A eterna disputa da mulher: "Não preciso dizer que, como são mimados, basta você dar uma dura e eles balançam.."

Nem todos os "mimados" balaçam com uma mulher que dá uma dura. Alguns acham que isso um compensador desafio, quanto mais durona a mulher for. Melhor! Se ele conseguir que ela amoleça o "jogo ta ganho". Ao menos num ideal "mimado". Ela pode conquistá-lo para sempre ou pode simplesmente se sentir "mais uma das enganadas" na lista de mulheres duronas amolecidas.

Se algumas mulheres acham que conseguem fazer com que esses "mimados" roam a corda. Então...que comece o jogo ! Que vença o melhor. Mimados X Duronas !

Joao Moraes disse...

Alguns homens e mulheres tiveram a oportunidade de terem sido mimados pelos pais, tios, tias, primos, amigos, colegas, etc e tal. O que pega é no relacionamento entre as pessoas e Freud não explica. Em algum momento ou lugar o papel de "mimado" pode acontecer com qualquer um, muitas vezes num momento difícil quando a pessoa não é capaz de expressar o que se passa com ela. E raramente é apenas para chamar a atenção do outro. Me contem, "cafa" vale para homem ou mulher, certo? Abração!

Bary disse...

Mamãe fez foi me mimar, e o meu irmão, o homem, ela deixava ele se virar. Digo que ela acertou mais com ele, do que comigo.

As vezes, imagino que cafas são apenas sugadores,falta algo neles que precisam usar as meninas pra sacear as necessidades deles, e quando eles dao a sumidinhas deles, é quando eles percebem que não tem nada pra oferecer, não podem suprir as espectativas das moças, por que eles não tem o que oferecer no final. E as moças idem, por isso que elas caem nas do cafa. Mas como tudo é relativo, o que eu disse não seria uma regra.

Luiz Guilherme disse...

adorei o texto. realmente, posso dizer por mim: homem mimado é muito difícil de lhe dar. já fui assim ,as ainda bem que mudei cedo..

http://guilg7.blogspot.com/

vlw

T I N I N disse...

Se voce se casar com um homem mimado, se prepare para ser a segunda mãe dele...
Segundo pesqisas , homens mimados podem desenvolver com imensa facilidase, psicopatias e descontrole emocional.
Seu Blog é 10000000000000
Beijo
T I N I N

DriPaulo disse...

Achei muito interessante mesmo. Algumas mães protegem tanto os marmanjos que eles nunca aprendem a assumir erros.... elas passam sempre a mão na cabeça... como se ainda fossem crianças, e fazem com que acreditem que o que fazem não é grave ou a "outra" pessoa envolvida é que os levaram a agir de tal maneira! TRISTE!



Beijo, amiga!

Eduardo Dalla Costa disse...

Meus queridos, sinto muito em dizer, que, o que vocês chamam aqui de mimo, eu chamo de violência de gênero, discriminação e desrespeito com as mulheres, isso tudo perpetrado desde a muito tempo.
Quando uma mãe não deixa o filho fazer alguma coisa do lar, não é por quer mimar é por que aprendeu que mulher tem que fazer todo o serviço de casa e os homens não podem,pois o que demandam a eles é o sustento da casa e não a arrumação dela.
É contra esse mau que eu venho lutando, falçando e expondo meu entendimento.
Pensem nisso.
Grato e parabéns pelo artigo e pela reflexão que fará com os que lerem, façam.

Crazy disse...

Eu tenho sorte pq a mãe do meu namorado é uma verdadeira bitch, megera mesmo, do tipo q não fazia comida em casa nem quando os filhos eram pequenos (detalhe: nem trabalhava fora) e que quando pedem para ela fazer algo, ela logo grita q não é empregada e não faz mesmo. Ele lava louça na casa dele, mas se deixa cair uma gota de água no chão, ela faz um escândalo. Ele cozinha quando não tem nada para comer, mas se a comida que ele fizer deixar fumaça ou cheiro na casa, ela faz um escândalo. Ela proíbe ele de fritar ovo de noite para não deixar cheiro na casa, mesmo q não tenha nada pronto quando ele volta do serviço.
Mas, por essas e outras, ele hj é do tipo que não pede nada, não espera nenhum mimo, valoriza os mimos que recebe e até aguenta meus descompassos, pq qualquer piti que eu possa dar, a mãe dele já deu pior, já que além de tudo ela é neurótica e berra o tempo todo.
Não que eu aprove uma mãe ser tão bruxa como a dele, mas em meu proveito pessoal até q isso foi bom ;)

MulherNaoPresta disse...

Não ia comentar esse texto mas o comentario na nossa amiga Crazy aí em cima é lamentável. E explico porque.

A Crazy quer homens bunda moles pra controlar. Ou seja, o namorado dela não reclama, não pia, não se impõe, e serve como penico na hora dos descompassinhos dela.

Resumindo a Crazy, assim como muitas outras mulheres, faz exatamente o que abomina nos homens, o que critica, o que acham machista.

Ela quer um cara que foi criado no chicote pela mãe - que é uma desiquilibrada egoista, diga-se de passagem - para continuar tratando ele da mesma forma ou um pouquinho menos desrespeitoso para que ele fique com ela como ela é.

Ou seja, onde está o mimo aqui? Onde está o excesso de abuso? Onde está o "autocentrismo"? Chamaríamos esse comportamento de machismo ou de feminismo?

As mulheres praticam a hipocrisia o tempo todo. É o esporte preferido delas.

A sociedade é machista não apenas porque têm conceitos velhos e empoirados sobre uma ilusória superioridade dos homens mas também porque as próprias mulheres se comportam como eles: rebaixam, ofendem, humilham, caçoam, fazem joguinhos.

Mulher de 40, eu tenho uma sugestão de post pra você:

Mulheres machistas.

Seria legal ler aqui um texto sobre o comportamento feminino que se torna similar ao comportamento masculino de mil novecentos e bolinha ou até mesmo daquelas mulheres que tem jeitão de homem, fumam charuto e praticam assédio moral quando ganham um cargo de status ou de poder numa empresa.

O quao próximas dos homens elas moralmente estão?

Mulher de 40 disse...

É sempre a velha história... o mimadinho sempre acaba se melindrando facilmente, acha que o mundo está aí para o servir...
Também acha que a mulher que escolheu deve agir como sua mãe agia com ele, ou seja, em primeiro lugar ELE, o reizinho do pedaço.
Sim, também existem mulheres cafas, mas acredito que em número bem menor.
Crazy, concordo com MNP e acho, como mãe, que se a gente põe no mundo tem que cuidar - diferente de mimar. E se temos problemas, temos que nos tratar.
MNP, sugestão anotada e, por favor, não generalize quanto às mulheres, senão estará fazendo o mesmo joguinho delas de que "homem é tudo igual".
Beijos e obrigada a todos!!!

Crazy disse...

Poxa, vi este comentário da MNP só agora, e fiquei chateada... e tb não entendi qual foi minha atitude machista. E em qual parte do texto eu digo que controlo meu marido? Que, aliás, de bunda mole não tem nada... Apenas disse que pelo fato de ele não ter sido mimado pela mãe, ele não espera que eu o mime. Pelo fato de a mãe dele nunca ter feito as coisas por ele, ele não espera que eu as faça. E quando eu, por iniciativa própria, resolvo fazer algo para o agradar, ele valoriza isso. Onde está o machismo?? Se por acaso a MNP voltar a esse post, peço que me explique. Sei lá, eu, como sou formada em jornalismo e em letras, às vezes tenho a impressão de que muitas pessoas não entendem corretamente aquilo que lêem, pois meu texto está claro, e não vejo em momento algum uma única vírgula nele que possa ser interpretada como eu sendo uma mulher machista ou agressiva. Piti todo mundo dá de vez em quando, em casa, no trabalho, no trânsito, inclusive ele tb dá os dele de vez em quando, e vc, a não ser que seja a Madre Tereza de Calcutá, deve dar os seus.
O que eu faço que é exatamente igual ao que eu abomino nos homem? Onde está escrito q eu não o respeito? Eu apenas não faço as coisas por ele. Onde está escrito que o meu namorado não se impõe? Ele deveria ter brigado com a mãe dele pelo direito de fritar ovo à noite ou de molhar o chão da cozinha quando lava louça, é isso? Não entendi...
Quanto ao comportamento da mãe dele quando ele era criança, eu mesma escrevi no texto que eu não concordo, e acredito que, para pessoas inteligentes, o fato de eu ter dito que em meu proveito isso foi bom está claro como uma ironia. E até para reforçar o aspecto de ironia eu coloquei um sorrisinho piscando do lado...
Bom, comunicação escrita via blog não é a coisa mais clara deste mundo, mas eu realmente me assustei com esse comentário, pois em nenhum momento eu falei q tratava mal meu namorado ou que ele era um bunda mole que aceitava ser mal tratado..

Ed. disse...

Homens mimados nao sao nada perto das MULHERES MIMADAS, putz cara, você ter uma dessa é so dor de cabeça, é HORRÍVEL, tudo que o pai dela dá você tem qe dar tambem você tem q trabalhar so para pagar os custos dela, e para o pensamento ela acha q a maioria dos homens sao MUITO BEM PAGOS com uma noite de sexo e nao é bem por aí

eu tive uma e hoje em dia dou graças a deus ter me livrado disso!!!

Anônimo disse...

E não há mulheres mimadas também? As que nos tratam como provedores, as que dão chilique por não se sentirem extremamente seguras a todo momento, as que creem no superhomem (rico, belo, máquina sexual, forte, culto, etc)? Só um questionamento. Bom texto.

Rodrigo Passos disse...

São os homens que tem que fazer as mulheres se sentirem protegidas da violência,são os homens que tem que pagar a conta para as mulheres não se sentirem "desvalorizadas",são os homens que são obrigados a servir o exército,são os homens que são obrigados a ir às guerras para proteger as mulheres e crianças do seu país,são os homens que começam a trabalhar mais cedo e se aposentam mais tarde,são os homens que trabalham nos serviços mais pesados e sujos,são os homens sempre os últimos a sair de um navio afundando... E ainda somos chamdos de MIMADOS,só porque não queremos lavar e passar roupa,reclamamos que não tem a marca preferida de cerveja no bar ou que o suco não está doce?
Fala sério!!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails