terça-feira, 17 de agosto de 2010

Desabafo #2


Já se sentiu alguma vez assexuada? Pois é assim que me sinto atualmente. Deixei invadirem meu lado mais bonito, mais mulher, mais sexy, e fui simplesmente usada como diversão.
Muitas mulheres passam por isso, eu sei. Olhar para as lingeries lindas que comprou para impressionar o cara, e ter vontade de chorar ou de colocar fogo em tudo. Mas guarda como recordação de um pedaço seu que foi embora.
Não sei quando vou conseguir me sentir mulher de novo ao lado de alguém. Não me imagino nua ao lado de homem nenhum. Não imagino homem algum invadindo minha intimidade, explorando meu corpo, afetando meus sentidos, me fazendo desfalecer. Fui roubada.
E os beijos? Simplesmente minha boca ficou seca. Não sei mais o que é ter vontade de beijar demoradamente, assim, com o corpo todo se envolvendo. Quando vejo uma cena de novela assim, parece que é uma coisa de um passado distante, tão distante quanto o tempo em que eu trocava bilhetinhos na escola com o garoto de quem gostava.
Me fechei em copas. Fechada para balanço. Depois de ter vontade de arrancar minha própria pele de tanto nojo que senti, fiquei estranhamente fria. Sem sentimento algum em minha alma. Nada mais me move. Sou um corpo que responde automaticamente aos pedidos de comida e água. Trabalho por necessidade. Durmo muito menos do que gostaria. Fico sozinha menos ainda.
A única vontade que tenho é de pegar meu carro e sair pela estrada, sem destino. Para sorte de minha filha, Deus me fez uma boa mãe, então isso está fora de cogitação. Talvez o destino esteja me proporcionando mais ocupações do que o normal, então minha cabeça fica ocupada, pois quando páro, acendo um cigarro, o mundo cai de novo.
E, sem querer fugir dos lugares comuns... Sei do meu valor. Sei o quanto posso. Sei também que o tempo traz todas as respostas e novas perguntas. Minha consciência está tranquila. Tudo foi dito. Tudo foi feito. E sei que tudo que fazemos e desejamos volta em dobro para nós. Eu só quero um pouco de paz.

11 comentários:

@lauramaringoni disse...

Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima!

Luciana Penteado disse...

Ah, entendo bem esse entrave. Na verdade, essa reclusão é temporária, ainda que demore mais do que devia, mesmo que incomode mais do que o necessário. A única coisa boa disso é que passa...

Beijos pra ti!

laylasan disse...

eu te entendo minha querida, me senti assim por muito, muito tempo, tb cansada.. tb querendo paz. mas isso tudo vai passar, viva intensamente este momento, tudo passa. hj depois de uns 4 anos essa sensação que vc sente hj passou para mim, me sinto bem e livre prá ser feliz com alguém. é só uma fase.

Monica disse...

Li,como se fosse eu mesma escrevendo seu texto maravilhoso e acho que todas nós, mulheres de 40 já passamos por isso pelo menos uma vez na vida. Só o tempo, faz a ferida sarar. E sara mesmo, a ponto de vc nem se reconhecer, depois. Te desejo força neste momento. bjs

Nagila disse...

Vc conseguiu descrever exatamente o q eu estou sentindo nesse momento! Estou passando por isso pela 1º vez.. sensação horrível. Não como, não durmo,não me divirto +. Tô fazendo um esforço enorme pra sair dessa. Nós vamos conseguir!

Anônimo disse...

QDO LI SEU DESABAFO HOJE, LEMBREI DESSE TEXTO ABAIXO...
**TODOS OS FERIMENTOS DEFINITIVOS TBÉM CHADAMAS "RUPTURAS" O ÚNICO MEDICAMENTO CAPAZ DE FAZER EFEITO CHAMA-SE TEMPO,NÃO ADIANTA PROCURAR CONSOLO EM CARTOMANTES (QUE SEMPRE DIZEM QUE O AMOR PERDIDO, VAI VOLTAR) LIVROS ROMÂNTICOS (CUJO FINAL É SEMPRE FELIZ) NOVELAS DE TV OU COISAS DO GENERO.
DEVE-SE SOFRER COM INTENSIDADE EVITANDO-SE POR COMPLETO, DROGAS, CALMANTES, ORAÇÕES PRA SANTOS, ALCOOL SÓ NO MÁXIMO 2 COPOS POR DIA...E ESPERAR PASSAR...PQUE PASSA. BJOS...FORÇA!!!!

Linda Cerqueira disse...

Tambem estou me sentindo assim,igualzinha mesmo, e o pior eh que pela segunda vez,nem no papel consigo expor,primeira vez com meu ex-esposo e agora novamente... sei que eh passageiro mas ate que passe doi profundamente desanimo total sabemos que somos capazes porem nao confiamos em nos mesmo. Dificil mas superaremos acredite.

Bhati disse...

Cara amiga, não se deixe convencer tão facilmente pela solidão, que sempre nos leva para abaixo....Se valore, porque alem de ser muito inteligente, Vc continua sendo uma gatinha. Lembre o que disse o sabio da montanha, "...todo passa....até a uva passa..."

Anônimo disse...

As vezes pensamos que só nos temos isso,que somos as premiadas,mas apesar de estar triste, hoje fico feliz(Não com sua tristeza entenda)mas em saber que mais alguem viveu o que estou vivendo,que sou comum e melhor ainda vejo outras falando que vai passar...bjs ADOREI

Anônimo disse...

Estou assim tbem... achando q não tenho forças p/ dar a volta por cima...
Gostaria muito de trocar ideia com outras na mesma situação.
Se alguém se interessar meu email é mel.mm@ig.com.br
Silvana

Leda Bianca disse...

As vezes tbm me sinto assim, sem vontade, alias sem 'estimulos' que me façam me sentir um mulher desejada, mas eh como diz aquela musica da Pitty 'disfarça e segue em frente', sempre tem uma luz no fim do tunel!!!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails