segunda-feira, 1 de novembro de 2010

A cartilha da boa moça


(Este texto me foi enviado por email e estou postando aqui com o objetivo de provocar polêmica. As opiniões abaixo não refletem as minhas.)

"Ok, você é mulher e vivemos num mundo machista. Os homens gritam silenciosamente que vão classificá-la como piranha ou como mulher para casar, e é isso mesmo que eles vão fazer, quer você queira ou não. Mas aí você pensa: não quero casar, não quero compromisso. Será que mais para a frente você não irá mudar de ideia? Então você pensa: O homem que me quiser vai ter que me aceitar do jeito que sou. É linda essa sua afirmação... Na teoria. Eles vão continuar por aí dividindo, pode ter certeza.
Mas há um jeito de se vingar do sistema. Vista todo o estereótipo feminino de vingança, mulher. Vingue-se dos homens agindo exatamente como eles: mantenha as aparências. O que proponho é você agir exatamente como eles de modo a manter as aparências que a sociedade pede para você manter, principalmente se você ainda é jovem e não sabe se um dia irá casar ou não, se irá se apaixonar ou não. Vai ser divertido.
Primeiro lhe darei os motivos pelo qual você deve fazer isso.

Um motivo muito forte: Os homens sempre se fazem de bons moços quando na verdade são cafajestes não é? E principalmente, fazem isso na frente das mulheres para que elas possam dar aquilo que eles querem, que para algumas é só sexo, para outra é compromisso. Então por que diabos você mulher tem que vestir a carapuça de puta?
Os homens comentam tudo e classificam você, e uma vez classificada, sua fama corre solta. Você deve estar pensando agora: E eu com isso? Bem, se você é uma pessoa altamente segura de si, ok, mas se você for cheia de inseguranças e se magoa com isso, não adianta, tente aceitar. Quer ser verdadeira? Ok, mas saiba que os homens muitas vezes não são. Você deve estar pensando: Mas toda a regra tem exceção.... Talvez, mas os homens generalizam as mulheres. Generalize os homens você também e verá que em breve ficará no controle da situação.
O que fazer então?
A dica é simples: Se preserve no seu ciclo de amigos, da escola, da faculdade, dos familiares. Seja uma garota normal. Não estou dizendo que você não pode transar com nenhum deles, calma. Você pode sim. Mas saiba que são justamente essas pessoas que podem ser seus prováveis futuros maridos, namorados, então, quanto mais discreta você for, melhor. Siga a cartilha básica da moça difícil com esses homens próximos: não transe no primeiro encontro, retarde bastante o sexo, não saia com o amigo dele, não faça boquete no estacionamento se ele não for seu namorado, inspire-se na Sandy que tem dentro de você.
Com quem galinhar?
Se você for solteira ou tiver namorado e quiser galinhar as dicas são válidas para as duas situações. Com o menino que você conheceu na balada e que nenhum dos seus amigos conhecem. Você sabe que isso é possível, saia com umas boas amigas, que você com certeza tem, aquelas que te resguardam e vocês aprontam muito juntas. Sei que será fácil esconder do menino que você gosta aquele cara que você se encontra só para 'trocar o óleo'. Você não esconde da sua própria mãe? Então? Verifique se você e seu peguete tem amigos em comum (é fácil, Orkut está aí para isso, crie um fake ou deixe seu nome no invisível) e se não tiver, arregace!
Em cidades próximas das suas, e sugiro que você pense em ir visitá-las, é muito bom ir, porque lá você pode aparecer de vez em quando, mentir o nome, galinhar à vontade, ir para o motel no primeiro encontro. Toda garota merece aprontar das suas, é só usar a inteligência e sua esperteza, que com certeza você tem. E tudo o que é proibido é mais gostoso, experimente dar uma rasteira na sociedade e seus valores sem deixar de aproveitar aquilo que a sociedade tem de bom a oferecer a você. Com o ex-namorado também pode ser válido se quiser galinhar, depende do ex que você teve, se você acha que estará segura, vá em frente!
Com quem não galinhar?
Os homens gostam de mulher difíceis e apreciam o joguinho de gato e rato, faça isso com quem lhe interessar, é muito divertido também esse outro tipo de comportamento. Até porque para se ter certeza dos sentimentos é preciso que se dê tempo ao tempo. Não seja você desmiolada por se apaixonar tão rapidamente e nem queira que um cara seja um panaca na sua frente. Vá conhecendo essa pessoa que te atraiu e dê tempo ao tempo, pois se ele te quiser com certeza irá passar por todos os obstáculos que existem entre você e ele. Vocês mulheres têm mais é que aprender a esperar."
(E você, o que pensa a respeito disso?)

8 comentários:

Afrodite disse...

Oi,
Complicado opinar em um texto tão complexo assim...
Se eu disser que sou contra ou a favor inteiramente dele estarei mentindo!
Algumas coisas concordo:não devemos nos amarrar as preceitos da sociedade.
Nem sempre o que é bom pra vc,pode ser pra mim...
Mas extremos tb não são bons!
Cabe a cada um escolher o seu caminho!
Galinhar é bom?Sim ,qd vc passou a vida toda sem experimentar!E não galinhar?Depois de um tempo vc cansa...por isso a resposta não é fechada,sacou?
Adorei o texto,mostra o quanto somos hipócritas enquanto sociedade.
E devemos conversar mais abertamente sobre isso!
Um beijo
Afrodite

Anônimo disse...

É a mais pura verdade...INFELIZMENTE!!!Daí que sai aquela velha frase "as quietinhas são as piores"...kkkk. A sociedade ferra com a mulher que tem a coragem de assumir o que quer. Vc fica isolada.Os bons moços não te levam á sérios, e os malvados não querem te comer porque sabem que vc é igual corrimão de rodoviária, já passou na mão de muitos. As mulheres te discriminam: as boazinhas te julgam e as piriguetes não querem andar com vc pra não queimar o filme delas.

^^Lena Lopez^^ disse...

Sinceramente... Eu mando passear!
As chances para ter uma nova oportunidade, são tantas quanto ganhar na megasena sozinho, mas ainda assim vai ter que rebolar muito!
BJOS
Lena

Angelike disse...

Perfeito!!!
Siga sempre o 11º Mandamento, não sejas descoberta. ;-)

vane disse...

È complicado esse texto pelo ponto que ja foi sitado anterior, é a sociedade, nossos pais, filhos, patrões, enfim pessoas das quais não é confortavel nem fácil de peitar!
Porém em relação avida fora daquele ambito obrigatório de convivência é por demais seguir a atuação!!
Não é dessa forma que se alcançara qualquer liberdade ou desprendimento de préconceitos! Honestamente, quantas que leem este blog ja não foi intitulada disso e daquilo? O confronto é mais que nescessário para podermos mostrar outra realidade!
Ao menos é assim que acredito, mas devem existir quem possa transceder sem confrontar...........

Anônimo disse...

Eu achei esse texto muito legal, é uma forma de enganar a sociedade e ainda sair por cima desses homens machistas, que, pensando que casando ou namorando uma mulher honesta (na visão deles), na verdade estão tomando do próprio veneno.

Anônimo disse...

Podemos querer brigar contra, mas essa é a mais pura realidade. Concordo inteiramente com esse texto...desde menina ouço algo bem parecido e recentemente li exatamente isso num livro escrito por um homem q se intitulava ex-cafageste!!!
É isso aí meninas, queiram ou não queiram!!!!

Lierci disse...

PERFEITO....eu já tomei tanto na cabeça por tentar ser eu mesma!!!Então o texto diz exatamente o q deve ser feito ....se vc quiser viver a vida com toda sua plenitude!!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails