segunda-feira, 21 de março de 2011

Vida nova

Começar uma nova vida vai além de tomar uma decisão. Está em aceitar que essa decisão pode mudar vidas, não só a sua, mas a das pessoas que estão perto, pessoas que te amam, pessoas amadas por você. Está em acreditar que você está dando o passo certo, no momento certo, com a cabeça no lugar certo.
Pouca coisa, não? (rsrsrs) Mas você sente saudades de coisas simples, como o cheiro de seus cobertores, a inércia momentânea ao chegar em casa ao fim do dia, a filha brincando na rua. Os momentos inacabáveis em frente à lareira, os fins de semana sem ter o que fazer... aí começa a pensar que tudo tem seu tempo, e tudo um dia acaba.
"Não há mal que dure para sempre,
nem bem que nunca termine."
Está, então, na hora de dar o passo seguinte. De ver a vida se renovar, os ventos mudarem e você com eles. Conhecer novos lugares e deixar que novas pessoas e acontecimentos venham até você. Sem isso, é como aceitar um pedacinho de morte a cada dia. É sua natureza. As dúvidas que te assaltam fazem parte do processo de mudança e amadurecimento.
Só fica um medo: magoar pessoas. Levá-las no vendaval de suas ânsias. Desrespeitando talvez suas naturezas. Como fica?
O amor tenta de tudo. Cerca tudo. Espera. Até que ponto? Até quando?
"O melhor uso da vida consiste em gastá-la por alguma coisa
que dure mais que a própria vida."
(William James)

2 comentários:

Edu disse...

Tentar ter uma vida nova não é impossível, mas as vezes é tão difícil...

Se desprender do que antigamente dava uma segurança chega a causar uma dor quase física.

Mas tudo aqui(na vida) resume-se a duas coisas: aprendizado e evolução.

Mudar é aprender e evoluir.

LOIRINHA KSADA... disse...

È sempre um prazer passear por aqui Querida... rs e tem um presntinho com muito carinho pra vc lá em casa...rs bjinhos http://loirinhaksada.blogspot.com/2011/03/o-1-selinho-gente-nunca-esquece.html

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails