segunda-feira, 16 de maio de 2011

Dilemas de ser mãe

Tem momentos na vida em que dá vontade de voltar atrás e refazer o que fizemos. Corrigir os erros, que na hora pareciam acertos. Agir diferente, pensar diferente, reagir diferente. Temos atitudes que nos levam a caminhos diversos e que afetam a vida de várias outras pessoas. E quando vemos pessoas sofrerem por atitudes nossas, aí é que o bicho pega.
O dilema de ser mãe é viver isso quase todos os dias. Quando nascem os filhos, é bem fácil... Basta mantê-los aquecidos, bem alimentados, limpos. Conforme vão crescendo, sucedem-se vários outros partos. O primeiro dia na escolinha. A primeira festinha que não temos que ficar junto. A troca da escolinha pelo colégio. A mudança de colégios ou de cidade. As amizades e hábitos.
Todas essas são decisões tomadas por adultos e que afetam os filhos. Pensamos sempre em fazer o melhor, mas nem sempre acertamos. E um dia, talvez, seremos confrontadas e cobradas. Como já fizemos um dia com nossos pais.
Como se sentir segura ao decidir a vida de um ser que está se desenvolvendo, se muitas vezes não sabemos tomar decisões nem sobre nossas próprias vidas? Se seguidamente erramos e erramos, e tentamos consertar de novo nossa vida, como fazer isso com um inocente?
Como dizem as mães... "Filhos criados, trabalhos dobrados." Pura verdade. A cada ano que passa tenho mais responsabilidades na vida de minha filha. A cada ano que passa ela fica mais independente e ao mesmo tempo mais vulnerável às minhas decisões. É tão difícil ser a locomotiva que puxa o vagão de uma família... difícil e inevitável. Não podemos deixar descarrilar. Mesmo que tudo esteja desabando ao nosso redor.

6 comentários:

Rosely disse...

Ser mãe é mesmo muito difícil amiga. Temos que demonstrar uma segurança que estamos longe de sentirmos e para os filhos somos fortes, super poderosas....quem dera......
Vc não está só amiga!!!!

lamaison disse...

Quando meus filhos eram menores,meu medo era q adoecessem,depois que ñ se relacionassem bem com outras pessoas..agora a preocupação é q sejam bem sucedidos..descobri que qto mais livre eu os deixo,mais saudaveis e confiantes eles ficam...relaxa,eles mesmos se encontrarão...

KikaChrys disse...

Nossa, nem me fale, ser mãe é uma tarefa abençoada por Deus mas uma respnsabilidade inexplicável. Conseguir perceber se está tomando uma decisão correta com nossos filhos, tenho 2 meninos, um de 3 outro de 8, em dias saem numa guerra, outros calamria, agitação, penso antes de qualquer coisa, o que eu gostaria que fosse feito comigo quando criança, e vejo imagino o resultado, se for negativo, mudo de atitude, se for positivo deixo rolar. Andar descalço, sem camisa, brincar na areia, e em horas ser dura, dar castigo, palmadas, e quando fico sozinha choro e sinto uma dor tamanha... amor incondicional, mas que pode prejudicar ao invés de educar pra vida lá fora ...
ai, ser mãe é isso, faz rir, gargalhar , chorar, e acima de tudo amar ...

Afrodite disse...

Nem preciso dizer que me identifiquei de cara com teu texto,né?
Ser mãe é um dilema e tanto!Mas vamos combinar...tem coisa melhor?
Eu não troco esse meu posto por nenhum que conheça até HOJE!
Quem sabe quando me tornar avó???
Beijo!

Ericka Rocha disse...

Vai no meu blog! Tem promoção!!! - http://hipervitaminose.com.br/?p=1883

edi.ggb disse...

Amei ,dilema ser mãe,Quem não passou ,irá passar por isso,muito inteligente ,adorei este blog.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails