quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Aconteceu num Natal


Ela estava na festa, onde todos bebiam e comiam animadamente. O primo de sempre já tinha bebido demais e contava as mesmas piadas de sempre. Muita gente. Mas em seu coração ela estava só. Seu coração estava longe dali, em um lugar onde certamente ninguém se lembrava dela.
As horas passavam, e ela queria fugir daquele momento em que todos se abraçam e se beijam como se bastasse isso para as coisas melhorarem. O que significa abraçar uma pessoa que ela mal conhece e que por acaso está na mesma festa que ela?
Sua melhor amiga estava em outra cidade. Seu melhor amigo em outra. Os bons tempos tinham ficado para trás. A filha já não acredita mais em Papai Noel. O pai e a mãe, ficando velhinhos, e ela nem tinha mais coragem de pedir colo, porque eles já estão na idade de ganhar colo, e não dar.
É assim a vida. Se você escolhe as situações que quer enfrentar, enfrente-as. Ela escolheu estar ali, assim. Mesmo sabendo que não teria chances de lutar pelo que queria.
De repente, seu celular toca. Não consegue ouvir direito quem é. Barulho de festa, de gente falando. Mas saindo para fora, passa a ouvir melhor. "Sou eu!"
"Você?" ela responde. "Feliz Natal!... mas..." Ele não a deixou falar. Disse: "Agora eu sei. Queria que estivesse aqui comigo. Só agora estou me dando conta." Ela não conseguia responder. Só ouvia. "Juro que daqui a um ano estaremos juntos nessa data, aconteça o que acontecer! Não quero mais ficar sem você!"
Continuava muda. Seu coração, acelerado. Todos sumiram de sua volta, em sua emoção. "Não estou acreditando no que estou ouvindo..." conseguiu balbuciar. "Por que isso agora?" Ele silenciou. Quando falou de novo... "Olha... estou indo para aí agora! Não posso mais esperar! Já esperamos tempo demais por isso." Então ela cortou. "Na verdade, foram anos." E ele respondeu: "Tem razão. Não temos mais que esperar. Daqui uma hora e meia estou chegando aí!" E desligou.

4 comentários:

Solange Baumer disse...

Nessa de 20 anos estou eu...
Reencontrei alguém do passado e agora vai rolar...Chega logo semana de janeiro!

Mulher de 40 disse...

Chega logo semana de janeiro![2] rsrsrs

Folhetim Online disse...

Foi inevitável não lembrar de um natal que estive longe do meu Amor (da época). Saudade, nessas horas, é insuportável. As coisa acabam perdendo o gosto, o interesse, a magia... Quando se está amando, parece que o significado de tudo se resume a uma única pessoa e nada mais importa.

Obrigado por me proporcionar essa lembrança!

Agora, depois de ler teu conto, gostaria de te convidar para o Concurso: Um Conto de Livro, que dará três livros: - Coleção as Brumas de Avalon; - A Batalha do Apocalipse; - Alice no País das Maravilhas e através do Espelho. Basta escrever um conto natalino. Visite e leia o regulamento. Participe e divulgue!

Abraços

Duane disse...

:D Adorei Afinal Quem nunca recebeu um telefonema ou uma mensagem no natal dizendo queria estar com você!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails